terça-feira, 1 de dezembro de 2009

VIGÍLIA NA CÂMARA MUNICIPAL DO PORTO







Regressado da Vigília na Câmara do Porto, em memória das vítimas da SIDA. Foi muito bom. Esteve gente,televisão,jornais.
Podia ter sido melhor?
Pode sempre ser melhor!
Tendo em conta o frio, foi uma manifestação que honrou as vítimas.
Foi,acima de tudo,um momento digno para a CASA-Centro Avançado de Sexualidades e Afectos.Actividade a actividade vamos conquistando um espaço sério e credível na agenda do Porto e do País.
Foram estas as palavras que proferi no momento solene da Vigília:

A SIDA é uma doença que mata!
Até hoje morreram, vítimas da SIDA, em todo o Mundo, 25 milhões de pessoas.
Em Portugal morreram, até hoje, 15 mil pessoas.
Actualmente existem 33.4 milhões de doentes, em todo o Mundo, dos quais 2.1 milhões são menores de 15 anos.
A SIDA é uma doença que não escolhe sexo, idade, orientação sexual, estatuto sócio-económico ou profissão...
É uma doença transversal à Sociedade!
A CASA- Centro Avançado de Sexualidades e Afectos decidiu, no Dia Mundial da Luta contra a SIDA, organizar uma vigília em memória dos 25 milhões de vítimas.
Este é um momento de solidariedade.
Este laço de velas vermelhas, acesas, no chão da Avenida dos Aliados, no Porto, representa um relembrar de todas as vítimas desta epidemia.
Aqui e agora a CASA aproveita para recomendar às entidades governativas um reforço concreto das políticas e das estratégias, a nível global, no sentido da criação da tão necessária vacina contra o HIV e consequente erradicação desta epidemia relembrando que, desse leque de iniciativas terá que fazer parte, obrigatoriamente, a Educação Sexual, com o intuito de efectuar, de forma credível, a pedagogia das Sexualidades e dos Afectos.

24 comentários:

Zé Ninguém disse...

Orgulho!... Muito Orgulhoso de Vocês!
Um abraço enorme!!!

koruja disse...

:))))))

navegadora disse...

Parabéns...força...e fico feliz por saber que há sempre alguém que mantém a coragem de lutar por aqueles que têm menos voz. Um beijo. Grande.

Ricardo disse...

Excelente iniciativa!!!
Parabens.

Manuel Damas disse...

Lembrei-me de ti, meu querido Zé...fizeste cá falta.
Abreijos

Manuel Damas disse...

Um beijinho Koruja

Manuel Damas disse...

Obrigado minha querida nav...

Manuel Damas disse...

Obrigado Ricardo. Um grande abraço

Florbela disse...

querido manuel,apesar de nao ter lá estado fisicamente acredita que mesmo longe, estive com vocês de alma e coração.muitos parabéns pela grandeza de tal iniciativa!aproveito para te pedir um breve esclarecimento porque por falta de tempo não tenho acompanhado tanto o SAM como gostaria e por isso não sei bem o que é a CASA.seria possível e resumidamente dizeres algo sobre o assunto?beijos Florbela

Biby disse...

Caro Dr Manuel Damas! Felicito a vigilia na camara do Porto em memoria das vitimas do VIH/SIDA.
Em Portugal a situação é ainda preocupante, dos países da União Europeia, é o segundo com maior taxa de novos casos de infecção. Parece-me que o VIH/SIDA mais do que uma doença física tratável (ainda que não curável) é nos dias de hoje uma doença sobretudo social.
Ainda há muito a fazer...
Como já lhe disse especializei-me nesta área da Infecçaõ VIH/SIDA pelo que pode contar comigo para esta luta no que for preciso.
Beijinhos
BIBY

Ruy disse...

Que frio ;)

dermatologistested disse...

gostaria muitoooo, que não fosse necessário promover esta e muitas outras vigilias..gostaria muito que fossemos todos responsáveis e mudassemos comportamentos... enfim...gostaria...
fica um bj de solidariedade!

Zé Ninguém disse...

Oh Cara Derma,
Vai-me desculpar a pergunta. A que responsabilidade e comportamentos se refere?
É que se fôr às responsabilidades enquanto cidadaos de nao descriminar ninguém por padecer esta doença (ou outra qualquer) e de lutar pela defesa dor direitos de plena cidadania e Humanidade das pessoas que vivem(os) com o HIV, entao estou plenamente de acordo consigo.
Já se se estiver s referir a que só as pessoas irrespinsóveis que andam por aí a fornicar tudo o que se mexe é que a contraem e que todo o mundo se deveria tornar celibatário, entao aí permita-me descordar.
Eu, pessoalmente estou diagnosticado à um ano e 4 meses, e devo dizer-lhe que no capítulo da culpabilidade nao fiquei com trabalhos de casa por fazer. Simplesmente foi o que me correspondeu viver.
Um atencioso cumprimento,
Zé Ninguém

Zé Ninguém disse...

Ah! Já agora.
Gostaria muito que depois do dia em que eu já cá nao esteja, haja um grupo de gente que se junte uma vez por ano, para celebrar a minha vida e recordar a todos os que padeceram por esta triste epidemia.

Manuel Damas disse...

A CASA-Centro Avançado de Sexualidades e Afectos é uma Associação sem fins lucrativos que nasceu para trabalhar na área das Sexualidades e Afectos para formar, informar, denunciar, exigir, proteger, apoiar, todos os que se sentem discriminados, basicamente.

Manuel Damas disse...

Obrigado Biby.
Um beijo grande

Manuel Damas disse...

Estava um gelo, Ruy, na Vigília!

Manuel Damas disse...

Um beijo minha querida derma...

Manuel Damas disse...

Meu querido Zé...penso que interpretaste mal as palavras da dermo...mas acho que ela poderá explicar melhor.
Abreijos

Florbela disse...

querido manuel,obrigada pela explicação!se puder ajudar em algo estarei à disposição.bjos florbela

dermatologistested disse...

zé ninguém:

quando digo que gostaria muito que não houvesse necessidade , era porque gostava que todos fossemos bem formados , educados , com responsabilidade ética, e que não houvesse discrimação por orientação sexual, por diagnósticos, cor ,credo , etnias e etcs... gostava mesmo!!!!

"mudar comportamentos" , referia-me aos comportamentos ignorantes e preconceituosos ... e não, não advogo o celibatário com forma de prevenção...
quanto ao atencioso cumprimento,acho-o muito asséptico!!! prefiro um beijo com afecto, e é o que te deixo!

fui explicita agora??? :))

Manuel Damas disse...

Obrigado Florbela

Manuel Damas disse...

Penso que sim.
Beijo grande

Zé Ninguém disse...

Perfeitamente, Derma,

Sabes que para alguém de parca compreensao, como eu, às vezes é necessário deixar as coisas bem claras. Como diriam alguns famosos cómicos: "bem esmiuçadas"!
Obrigado por ter dispensado o seu tempo em tao inglória tarefa.
Um beijo com afecto,