sábado, 30 de agosto de 2008

PARATY-2

Mas Paraty é tudo isto e muito mais.
É famosa pelas suas cascatas.

Mas é muito conhecida,também, pelos seus incómodos arruamentos. Todo o pavimento do centro histórico se encontra pejado de pedras com centenas de anos que marcaram a histórica "Rota do Ouro". São as pedras "pé de moleque", que por centenárias, já perderam a forma rectilinizada e, como tal, dificultam o andar e lentificam o ritmo.


A cidade é, ainda, internacionalmente conhecida pela produção de cachaça que dá, inclusive, o nome a uma festa tradicional anual, afamada, a "Festa da Pinga", com um conhecido concurso de "cocktails" que têm que ter, obrigatoriamente, na sua constituição, a cachaça, aguardente de cana de açucar. Neste concurso participam, tradicionalmente, todos os bares locais.
De todas as marcas de caçhaça produzidas a melhor e mais conhecida é, sem sombra de dúvidas, a "Maria Izabel", que trás o nome da sua dona, uma invulgar personagem que eu tive a honra e o prazer de conhecer e que, sendo uma das figuras mais ricas da cidade, teima em deslocar-se, sempre, descalça, faça chuva ou sol.

É, também, internacionalmente famosa, a FLIP, feira internacional de literatura, de realização anual e que recebe nomes sonantes como Salman Rushdie ou Jorge Amado, entre muitos outros.



Paraty foi, ainda, cenário de diversos filmes e séries conhecidas como "Gabriela", com Sónia Braga ou "O Beijo da Mulher Aranha".
Um dos mais conhecidos cafés, que eu frequentava diariamente, era "O Café", um jardim tropical que era, na série "Gabriela", o jardim para onde fugia Sónia Braga.

12 comentários:

macaw disse...

dá mesmo vontade de conhecer! :P


bjinhos ;)

Ita Andrade disse...

Ontem estive no Café, mas tu não estavas lá...
Hoje teremos festa no Che Bar e vou levar-te comigo...
Amanha teremos o aniversario de Henrique e de certeza brindaremos aos presentes e aos ausentes...

lumiere disse...

piiiiiiiiiiiiiiiii
mas que é isto abençoado por deus e bonito por natureza!
o homem anda a meter ronha?

ines disse...

Excelente esta sua descrição!

:))))

Manuel Damas disse...

E vale a pena conhecer, "mac"...Beijito grande

Manuel Damas disse...

Minha querida Ita...quantas saudades!!!!
Relembro, com especial carinho o "Café" e o "Cher Bar" que fazem, inegavelmente, parte do meu património de Afectos e dos locais que recordo...
Um beijinho enorme para si, do tamanho da saudade, se é que essa é mensuráve!!!

Manuel Damas disse...

Você ia aodrar Paraty, "lumière"...

Manuel Damas disse...

Desculpe Inês mas excelente não é a descrição mas sim a realidade.
Beijito

liamaral disse...

Vejo que as férias foram boas e que tudo correu pelo melhor! Folgo muito em saber! Seja bem regressado!
:) Beijinho

Manuel Damas disse...

Obrigado Lia...
Um beijinho grande.

lumiere disse...

caro amigo quando é que volta assim em força e pronto a desancar no pessoal com é habito seu
aonde esta aquele Homem cheio de garra que eu conheci a 3/4 anos atras?
aonde anda aquela pessoa cheia força de viver por mais que os problemas fossem muitos?
aonde para o meu querido professor Damas?
aonde anda ele?
mas será que se perdeu ?
veja la se é preciso eu mandar uma reliquia ( aquela verdadeira foto) para o meu blog para que o Professor me responda !!!!!
abraços caro amigo

Manuel Damas disse...

Meu caro lumiere, o homem que você conheceu continua a existir, apenas multi-ocupado, também.
Um grande abraço