quarta-feira, 19 de novembro de 2008

ESTAR DOENTE...


Para quem tenha reparado que há alguns dias que não escrevo nada aqui, a justificação é, infelizmente, muito fácil...
Tenho estado doente.
Nada de muito grave, sosseguem.
Apenas uma cólica renal que, para quem sabe, não é maleita séria mas muito incomodativa, porque bastante dolorosa.
Agora que já me encontro em recuperação lembrei-me de escrever sobre o estado de doença que por vezes nos assalta.
Quando nos encontramos bem de saúde desvalorizamos os pequenos nadas do dia a dia, que só reaprendemos a valorizar quando nos encontramos doentes.
É quando alguém se encontra doente que se apercebe da sua enorme vulnerabilidade.
É quando alguém se encontra doente que se apercebe que todos os afazeres e imediatismos que nos circundam e condicionam, só perante a doença é que recuperam o seu valor real...praticamente nada.
É só quando alguém se encontra doente é que se apercebe do quão importante é poder locomover-se, sair, saltar, correr, passear, ir ver o mar, aborrecer-se no trânsito, ir às compras, enfim, milhares de pequenas coisas que, no dia a dia quase desapercebidas por nós passam mas que, quando nos encontramos confinados a um leito, assumem valorização extraordinária.
Na realidade, é bom estar bem...

16 comentários:

BlueVelvet disse...

Um beijinho de melhoras
Veludinhos e cetins azuis

Mize disse...

AS MELHORES PROFESSOR, SE PRECISAR DE ALGUMA COISA É SÓ TAR UM HELLO.
BEIJINHOS

Mónica disse...

Boa noite Dr. Manuel Damas:

Desde já começo por felicita-lo pelo seu trabalho, programa e crónicas. Sou uma admiradora acérrima do seu trabalho, sobretudo no que concerne à sexualidade nas pessoas idosas, sendo este o motivo pelo qual tento contacta-lo.
Iniciei recente a minha actividade enquanto docente da Uni. Sénior de Amarante e desde logo pensei em abordar ou mesmo criar uma disciplina virada para a sexologia, contudo, a minha formação de base (psicologia) não me deu conhecimentos fortes sobre a área, sendo este o grande motivo pelo qual o contacto: se me poderia auxiliar em termos de bibliografia recomendada ou mesmo formação na área.

Sem mais assunto, atenciosamente

Mónica Machado

Ruy disse...

Ola sr Manuel...
é verdade so quando o ser humano esta mal é que sabe dar valor as coisas, pois quando esta tudo bem nada disso nos interessa...
Boa recuperação Grande Abraço ;)

navegadora disse...

Rápidas melhoras. Beijinhos

Mar da Lua disse...

Meu amor, embora na mouraria (sim porque Lisboa é terra de mouros) espero que saibas que estou à distância de um telefonema... Beijo grande!
Vou ligar-te!

Manuel Damas disse...

Obrigado "blue"...Um beijinho grande

Manuel Damas disse...

Eu sei, Jesus-Maria-José!
:)))
Um beijinho grande e obrigado.

Manuel Damas disse...

Minha querida Mónica...
Obrigado pelas palavras amigas.
Quanto à ideia da disciplina de Sexologia, acho uma excelente ideia.
No que se refere à docência da mesma, deveria ser efectuada por alguém com formação de base na área para que sejam veiculadas mensagens pedagógicas e científicas correctas.
Em termos de formação oficial na área penso que neste momento apenas a Univ Portucalense e a Lusófona oferecem qualquer coisa, mas não estou totalmente certo.
Acho que a Lusófona oferece mesmo um Mestrado na área da Sexualidade.
Relativamente à bibliografia há milhares de títulos no momento e será difícil indicar-lhos.
Todavia, a obra de Masters e Johnson é obrigatória, assim como os livros de Kinsey e mesmo de Hite.
Em Portugal, credível, penso poder recomendar-lhe o compêndio de Sexologia, em dois volumes, de um grupo de autores credenciados, editado pela Quarteto.
Para além disto pode e deve sempre efectuar pesquisa no Google que lhe poderá indicar coisas mais recentes.
Um abraço

Manuel Damas disse...

Concordo, Ruy.
Um grande abraço e obrigado.

Manuel Damas disse...

Obrigado nav...Beijinho grande.

Manuel Damas disse...

Não te preocupes, minha querida Patuchinha...
Coisas piores já foram ultrapassadas e esta também o será.
Um beijinho grande.

Zé do Cão disse...

Dr. também adoece? Julgava que isso era só coisas dos outros.

As melhoras

Um abraço

Manuel Damas disse...

Oh Zé...
Eu por acaso acho que é uma enorme injustiça!
:)))))))))))))))
Não tem lógica absolutamente nenhuma que um médico adoeça!!!
Por acaso já se viu em algum lado????
É uma maçada, eu sei, e uma incongruência, mas acontece nos melhores...
:)))))))))))
Um grande abraço

Patrícia disse...

então professor como vai isso? as melhoras sim!:-)

Manuel Damas disse...

Obrigado Patrícia.
Agora já estou melhor.
Um beijinho grande.