sábado, 26 de julho de 2008

GERAÇÃO Y

Houve a geração do "flower power"!
Houve a geração da "erva"!
Houve os "betinhos", os "metalica", os "surfistas", os "goticos", os "rappers"...
Houve os "yupies"...
Houve os "marrões".
Existirão sempre os "murcões".
Houve quem falasse numa "geração rasca", o que me fez pensar numa "geração à rasca"!
Falam nos "emo".
Não sei quantas mais virão, nesta aldeia global...
Agora estes?!
Dizem alguns, com graça, que é a geração Y...
Vá-se lá saber porquê!
:))))))))))))))))

42 comentários:

Sunshine disse...

Na escola tenho muitos exemplares destes.:))))
Beijinhos com raios de Sol

ღ♥♫♪@nn@♫♪♥ღ disse...

hahaha giro estava a pensar postar esta foto ;)
feio mesmo não é ?

um abraço

macaw disse...

LOLOL

já ouvi falar desta tribo, mas ainda não vi nenhum exemplar!!! :PPP

bjinhos ;)

Ruy disse...

Sr. Manuel ficava-me bem, agora que estou um pouco mais cheio LOol...(ñ é?)
Mas era um Y bem grande...

Catrapau disse...

O professor identifica-se com alguma dessas gerações?

Kristos Diabulos disse...

Andava eu pela net...quando por acaso cai no seu blog...

Não tive tempo ainda para uma leitura mais atenta , ficando para já com uma opinião , ainda que na diagonal , bastante positiva.

Só tenho uma duvida que me inquietou desde o inicio da minha leitura.....e que considero de todo legitimo , tendo em conta o nome do seu Blog e a sua actividade profissional mais relevante de momento...ou seja ; o tão falado programa de televisão.

Cá vai ; qual é a sua orientação sexual? trocado por "miúdos" ; é Hetero ou Homo?

Saudações académicas.

liamaral disse...

Eu não sei é como é que eles conseguem andar sempre na expectativa que as calças caião!! Que desconforto!! Credo!!!

:) Beijinho

Nuno Gomes disse...

muito bem apanhada a ideia. mais um rótulo, daqueles que dá para rir. pois está claro!

http://devoltaoutravez.blogs.sapo.pt/

Catrapau disse...

Oh kristos anda ca baixo!

Trocado por miudos!

Não resisti...

Manuel Damas disse...

Conseguem-me tirar d sério, CC...
:))))))))))))))))))))
Um beijinho grande.

Manuel Damas disse...

Minha querida anna...penso que não passa pelo belo ou pela ausência dele mas principalmente pelo não prático.
Admiro o equilibrismo que será preciso para conseguir manter estas calças no sítio e há mesmo casos que contrariam as mais simples leis da gravidade.

Manuel Damas disse...

Oh "mac"...não acredito que lá por "bournemouth" esta moda ainda não tenha chegado!
Abra os olhos menina!
:)))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Oh Ruy...desculpe lá que lhe diga mas gordo como você está seria mesmo necessária uma enorme quantidade de y's...
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Não gosto de catálogos, catrapau, não gosto de etiqueta, não gosto de estereótipos!
:P

Manuel Damas disse...

Olá kristos diabulos...antes de mais permita-me que sorria com o seu nick....que "melting pot"!
Juntar cristo e diabo no mesmo nick não lembra a muitos.
Mas passemos, agora, ao corpo do seu post porque esse sim urge uma resposta, de preferência à letra e sem tibiezas, obviamente dentro do respeito e da pedagogia que se impõem!
1- Diz você que lendo na diagonal o blog lhe agradou...ainda bem. A intenção não é agradar por agradar, mas conseguir satisfazer sem cedências.
2- Fala-me depois na minha actividade do momento...desculpe que lhe diga mas não cheguei à Sexologia há dois dias, mas há 20 anos.
3- Mas afinal o que tem a ver a minha orientação sexual com o meu programa de televisão...essa sim foi uma das suas questões que me intrigou...Desde quando a orientação sexual de alguém, que saiba ser um profissional, influi na qualidade da sua actividade laboral?
4- E último...Qual é a minha orientação sexual? Desculpe lá, mas "que tem você a ver com isso?", seria a resposta imediata. Todavia, a racionalidade veio ao de cima...Andamos nós, aqueles que trabalham na Sexologia há uma quantidade de anos a condicionar a injustiça, ineficácia, mau gosto, falta de pedagogia, xenofobia e racismo das etiquetas, para você me vir agora atirar com essa?
Mas se a sua grande dúvida é essa eu respondo-lhe em qualquer receio...sou um Homem de Afectos, orgulhosamente!
Que ama!
Que gosta de dizer "Amo-te!", desde que o sinta!
Que ri, que chora, que se emociona, que trabalha, que se preocupa, que age e, acima de tudo, que reflecte.
Issso é ser homo ou hetero?
Assim sendo acha mesmo que lhe vou, quero ou devo responder?
Deixo-lhe duas achegas rápidas na tentativa de o fazerem reflectir...
Como tenho dois filhos, sugere a "vox populi" que, em princípio, serei heterossexual.
Como encabecei a Marcha do Orgulho de 2008, a falacia dos supostos bons costumes indiciará que sou homossexual...
Eu respondo-lhe...sou um ser humano.
E, por agora, chega.
Em caso de dúvidas, sinta-se à vontade.
Este é um local de "Sexualidades, Afectos e Máscaras", que se pretende, acima de tudo, pedagógico. Por isso, não hesite em perguntar, desde que com respeito por quem o e nos lê e não esquecendo nunca que a sua liberdade acaba no preciso momento em que começa a minha.
Beijos
(e esta, hem?!...)

Manuel Damas disse...

Acho, realmente, que deve ser bastante incómodo, Lia!
Beijos

Manuel Damas disse...

Seja bem vindo, Nuno.
Um grande abraço e volte sempre.

Manuel Damas disse...

Não resisitiu e fez muito bem, catrapau...
Eu também não!

Kristos Diabulos disse...

Caro Manuel Damas, já vi, pelo que escreve que é sem duvida um homem de afectos e sexualidades...
Pergunto-lhe então:
-Qual é a sua mascara?

Saudações académicas.

Catrapau disse...

Professor, aqui o intelectual de esquerda, receoso de ancora e suspostamente moderno, já não atribui muito crédito a essa argumentação.

Merecia um rótulo agora.

Um abraço

Manuel Damas disse...

A minha máscara, meu caro cristo, é fazer de conta que sou feliz.E a sua?

Manuel Damas disse...

Oh cataprau...diga lá qual é o rótulo, homem de esquerda...

Catrapau disse...

Há muito tempo que queria saber o mesmo, curiosamente. Não me ocorre melhor pessoa que o professor, que foi de resto, a única pessoa que me rotulou dessa forma.

Após um vislumbre...

Kristos Diabulos disse...

Eu...não tenho nem uso mascaras.
E sou contra as mesmas porque as mascaras servem para esconder...para enganar...para iludir os mais incautos e frageis.

Manuel Damas disse...

Oh meu caro catrapau mas é mais do que sabido que eu não sou um homem de esquerd mas sim um homem de direita.
Aliás, mais...sou, também e acima de tudo, um Homem de Afectos.

Manuel Damas disse...

As M´scaras servem para esconder, para enganar, para iludir, diz você oh Kristos...e vai mais longe dizendo que não usa máscaras...Desculpe desvendar a inverdade mas, na realidade você começa por usar a máscara do nome de quem não se sabe quem é, nem dá a cara e se alguém clicar no seu nick vai ter a nenhures...
Não será essa ainda uma máscara maior?
as as Máscaras também não servem só para atacar...também servem par proteger...esão incontornáveis, por mais que você queira.
Você próprio, Que se apelida de Kristos, num suposto grego, é fruto de uma Máscara assaz ousada...

Catrapau disse...

Já entendi professor. É de direita porque não sabe o que é a esquerda :)

Kristos Diabulos disse...

Caro Manuel damas, o meu comentário em relação as mascaras deve ser entendido num contexto global e não como uma critica dirigida a si...e ou ao seu trabalho!

Após leitura cuidada dos textos do seu Blog , não posso deixar de notar que voçe é um homem que sofre e luta de uma forma feroz e desgastante com o seu passado e algum presente...faça o favor de ser feliz ,voçe merece!

No mesmo contexto (leitura dos seus textos)considero-o também um lutador por "causas" inato!
Um Homem que entrega alma até a ultima gota de sangue por aquilo em que acredita...Cuidado!(aqui pode bem ser aplicado o meu comentário sobre as mascaras...não em relação a si, mas em relação aos outros...)...faça o favor de ser feliz ,voçe merece!

Resta-me por ultimo escrever que gostei da forma que se sentiu "reçabiado" em relação aos textos que por aqui fui escrevendo, revelando sempre uma faceta de "infant terrible" camuflada por uma enorme diplomacia e educação!

Continuação de um bom trabalho e não se esqueça:

- Faça o favor de ser feliz ,voçe merece!

Saudações...

Manuel Damas disse...

Oh catrapau...mas você acha mesmo que eu não sei o que é a Esquerda?
Logo eu que tanto li da Esquerda que, supostamente, pensa e reflecte sobre ideologias...
Precisamente por tanto saber dessa mesma Esquerda e da outra, a caviar, é que opto, serenamente, pela Direita.

Catrapau disse...

Só segui o seu pensamento professor.

Entitula-se um social democrata então?

Manuel Damas disse...

Oh Kristos...eis senão quando você se transmuta e, de crítico quase ameaçador, aveluda e se torna uma felina criatura...
Hum...
Eis senão quando me tenta psicanalizar...
Começa por me tranquilizar, supostamente, por a crítica às Máscaras ser globalizante e abrangente...Ok. Essa deixo passar ao de leve, pelo menos neste primeiro momento.
Mas, de repente, descobre uma luta insana entre mim e o meu passado e algum presente...senti-me David mas, de repente, fui assaltado pela suspeita de que você mudou a direcção dos vectores pensando em mim como D.Quixote lutando contra os seus moinhos-fantasma...mas quem de nós se contenta com o seu passado, oh Kristos?
E não me venha com diletâncias esquerdistas...
De novo me apazigua quando diz que eu mereço ser feliz.
Gracias, caro...
Quem de nós não merece ser feliz?
Quem de nós pode negar "Nada seria sem o meu passado, mas nada seria também se me tivesse contentado com ele!".
Quanto a ser um lutador por causas isso é familiar, é genético...vale o que vale.
Quanto a ter-me(?) apodado de "enfant terrible" creia que sempre achei que a vida sem uma dose certa de vinagre e piri-piri perde o colorido.
Eis-nos mergulhados em tertúlia ora concordante, ora discordante.
Ainda bem...
Sempre apreciei o contraditório.
Fico a aguardar novo comentário...espero.

Manuel Damas disse...

Intitulo-me um homem de convicções, de princípios, preocupado com as desigualdades, com a injustiça, com a dor e a fome.
Se isto é ser de esquerda...então sou de esquerda.
Se isto é ser de direita, serei de direita.
Acima de tudo penso que sou um ser humano...preocupado e, isso, não tem ideologia.
Penso que me aproximo mais do pensamento do Dalai Lama, ainda que sem fanatismos nem outros quaisquer ismos que não me convencem.

Catrapau disse...

Oh meu caro... politicamente correrto a esta hora da manha... não me convence.

Mas escapa va lá.

Manuel Damas disse...

Meu caro catrapau...
E logo você que já me viu a conferenciar, logo você vem me atirar com o chavão de politicamente correcto?
Eu?
Ou estamos em aldeias globais diferentes ou um de nós psicadelizou-se...e eu não fui!
Se há epíteto que comigo não se coaduna, de todo, é o de politicamente correcto.
Justiça me seja feita, catrapau, pelo menos nesse aspecto!
Morra o politicamente correcto, morra...Pum...permita-me o plágio ao "Manifesto Anti-Dantas!"(que não Damas, felizmente)...

Eli disse...

Eu já tinha passado aqui, mas hoje resolvi deixar um apontamento:

Eu faço parte da geração rasca!!!

:)

Manuel Damas disse...

Eli...a geração rasca ão existe..quando muito existe uma geração á rasca.
E volte...
Volte sempre!

cj disse...

olá

A geração Y tem tudo a ver. Apesar de não achar muita piada, dedo confessar que em alguns casos (muito poucos) é agradável de se ver ;).

Abraço

Filipe disse...

eu por acaso sou dessa geraçao Y =) ando sp cm u rego a mostra xD LOOL
os cintos sao caros.... =D

cj disse...

Filipe , assim apanha ar ;)

Manuel Damas disse...

Meu caro CJ...no mínimo deve ser muito desconfortável tentar equilibrar aquele "cai-não cai" das calças em desiquilíbrio.

Manuel Damas disse...

Desequilíbrio...as minhas desculpas mas a língua brasileira ainda não me saiu da cabeça...

Manuel Damas disse...

Filipe...meu caro, acredito que assim seja. Mas há, por vezes, visões demoníacas!
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))