terça-feira, 17 de março de 2009

DI


"Eu não quero ser a pessoa mais preciosa da tua vida.
Aceito ser a segunda.
A primeira pessoa tens de ser tu!"

Tinha acabado de receber a sms.
Era tua...
Li, reli e sorri.
Fiquei a pensar e a reflectir.
Sim porque por vezes pensamos, mas nem sempre reflectimos.
A mensagem era da pessoa que eu Amo.
E revelava, só por si, o quanto merecia ser amada.
Assumia, tranquilamente, o Afecto que sentia por mim.
Mas ia mais longe.
Porque se preocupava comigo, era pedagógica, de forma adulta.
Bem mais do que eu que, do adulto de uma suposta sabedoria que o meu trajecto profissional sempre me atira à cara e impõe, muitas vezes me esqueço de ser pessoa.
Tenho-me vindo a aperceber que tudo, finalmente, mudou.
Agora estou em paz.
Mas em paz construída, estimulada, apoiada, também por Ti.

Voltei a reler a mensagem e fiquei com os olhos embaciados.
E senti uma enorme saudade...
De estar contigo.
De te olhar bem dentro dos teus olhos doces.
De te abraçar.
De te beijar.
De te amar.

Tu és Tu...
Muito, tanto, tudo.
Amo-te, DI!

14 comentários:

bisturi disse...

Meu Deus. rapaz...!!!
Isto é tudo PAIXÃO ???
COMO SABES A PAIXÃO É UM SENTIMENTO FORTE E TRANSITÓRIO...
Caso contrário torna-se DOENÇA...
Isto por aqui vai um vale de lágrimas...já não temos idade para estas maluqueiras de adolescentes!!!ihihihihihi
Boa semana

Mize disse...

Aposte nesta relação, a felicidade não bate à porta muitas vezes, e..., be gosto muito de vós!

bjs

D. Quixote disse...

Atrás das tempestades vem sempre um radioso Arco-íris.
:)))))
Desculpe, mas não posso deixar de usar a sua "casa" para "Sub-comentar" o caríssimo Bisturi: amor, paixão não escolhem tempo, nem lugar e muito menos idade (tenho um tio que casou assumidamente apaixonado aos 97 anos de idade! e indepedentemente do tempo que sobreviveu a esse casamento, foi feliz). É bom (de quando em vez) viver assumidamente uma boa paixão assolapada. Ou um doce e tranquilo amor. Ou melhor ainda, conseguir viver ambos ao mesmo, ou que o segudno nasça naturalemnte do primeiro.

navegadora disse...

Força, amar faz bem ao corpo e ao espírito, traz luz à nossa vida, torna-nos mais fortes, audazes e capazes de enfrentar as adversidades da vida.
Quando o amor bate à porta...só temos de o deixar entrar, e trata-lo com carinho para que ele queira ficar.

Beijocas.

macaw disse...

Felicidades!!! É muito bom ver alguém Feliz por amar e ser amado! :)))

Também concordo que a pessoa mais importante na nossa vida tem de ser nós próprios. Colocar o outro em primeiro lugar muitas vezes só nos traz dissabores e alimenta a dependência em relação ao outro!

Que tudo corra bem!

bjinhos ;)

Manuel Damas disse...

Não é paixão, meu caro bisturi.
É amor mesmo!
Um grande abraço!!!
:))))))))))

Manuel Damas disse...

Um beijinho grande, Maria José.
Be......
:))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

É o Amor e ponto!
:)))))))))))))))))))
Um beijo grande, minha querida D.Quixote

Manuel Damas disse...

Subscrevo totalmente, nav.
Um beijo grande!

Manuel Damas disse...

Obrigado, maczinha, pelos votos.
Um beijo enorme aí para Inglaterra!

vsuzano disse...

mas que grande DI.... lema rsrsrsrs


bom fim de semana...

Manuel Damas disse...

Meu caro vsu...não é dilema...é amor mesmo!
Um grande abraço

Carla disse...

...e se é amor tem que ser vivido

Manuel Damas disse...

E está a ser vivido...com muita intensidade e, em simultaneo, com muita felicidade...