sexta-feira, 4 de maio de 2007

FORUM DA SEXUALIDADE 34



Também dentro de horas (às 21 horas) irá para o ar mais uma emissão do "Fórum da Sexualidade", na Rádio Festival, em 94.8.
Pela primeira vez será uma emissão gravada, dedicada ao tema "Dos Afectos às Relações".
Porque previamente gravado, posso dizer que correu muito bem.
Porque não houve chamadas do exterior foi possível abordar o tema, complicado, na perspectiva da Ciência Sexológica, seguindo "um fio condutor".
Penso que será uma grande emissão...
Pelo menos, quando terminámos, sentimos que tinha sido um programa delicioso. Esperemos que as opiniões sejam concordantes...
Cada vez mais urge passar o programa para as duas horas de duração.
Seria possível, de forma mais organizada e serena, fazer pedagogia, responder às questões das jornalistas presentes em estúdio (as minhas queridas Cristina e Maria José) e, por último, mas não em último, responder às questões levantadas, em directo, pelos ouvintes e respondidas, sempre, com enorme carinho.

6 comentários:

Nuno Nogueira Ferreira. disse...

Assim se acabou uma experiência que se revelou inglória, como é óbvio.
Sou consciente demais para viver uma Inconsciência e só tive consciência disso hoje, meu amigo!
Não gostei de fzer o que fiz, não.
Mas sinto-me verdinho demais para levantar um templo que não cabe em minhas tenras mãos.
Gosto, sempre gostei, e não o nego, de aproveitar tudo da forma mais rápida possível. Porém, e apesar da minha impaciente impaciência, tenho de me encontrar. Outra vez. A tentar encontrar-me. A tentar ganhar um pouco de tranquilidade...de Paz!
Vou encontrá-la eu sei. No entanto, depois, farei algo que me faça cair de novo na intranquilidade. Gosto de estar intranquilamente tranquilo...Sou sádico para comigo próprio eu sei. Mas sou assim e não o nego não!
Quero estar contigo e com os teus olhos. Não com um Manuel revestido de signos pictóricos e textos que, não descurando de todo a sua Beleza, formam uma parede crua e dura entre nós!
Não aconteceu nada de relevante. Apenas e somente aconteceu acontecer-me que me aconteci e dei por mim a fazer de mim algo que não sou...por enquanto!!!
Sem pressas, sem choques, sem dramatismos, sem tempo...
Tudo tem o seu tempo.
O que de mim sai em mim fica, por enquanto. A propósito, amigo, ainda falta escrever muito...
Um beijo e...aqui, neste espaço, neste singular e belo espaço, nos encontraremos...
Nuno Nogueira Ferreira.

Manuel Damas disse...

Meu querido Nuno...Ainda bem que chegaste a essa conclusão.Mais não fiz do que ajudar-te, ainda que de forma muito indirecta, a que visses qual o teu caminho e que, talvez, ainda não estivesses preparado para o trilhar.Sabes, as pessoas têm os seus tempos...E bem cedo percebi que o teu tempo não era agora, não era já.Mas não devia ser eu a dizê-lo.Tinhas que ser tu a aperceber-te.Ainda bem que o fizeste.É uma prova de maturidade...Cada pessoa tem a sua viagem a trilhar...eu estou a efectuar a minha.Tu terás de descobrir a tua e decidir se e quando a queres trilhar. Mas tens a tua riqueza interior, que é fundamental, e é muito grande e será, sempre, o teu património. Volta sempre e quando quiseres.Serás bem recebido e aqui encontrarás alguém disponível para te escutar...Mas em paz!Um beijo enorme

joana disse...

Ah,professor,um programa fantastico,mas este foi aquele que mais me tocou,por ter muita coisa a identificar-se...
TErminamos uma relação de dois anos,não por falta de amor,porque nos continuamos a amar,tem sido complicado digerir,mas quando nos tentamos aproximar parece que tudo volta a piorar,neste momento damo-nos lindamente como amigos,mas como namorados quase acho impossivel...
Não sei o que fazer ou pensar neste momento,sinto-me um pouco na corda bamba,mas acho que acima de tudo,preciso de me voltar a encontrar a mim mesma...
Professor parabens para a equipa que faz o forum da sexualidade,e espero que muito em breve o programa aumente para as duas horas...
Para si professor aquele beijinho com carinho e amizade

Cristina disse...

Um dia alguém me disse para eu olhar para o meu trabalho como se ele tivesse sido realizado pelo meu inimigo. Se eu o olhar para admirar, estarei perdida.

Manuel Damas disse...

Eu também acho, Joana, que o programa correu muito bem.
Quanto à questão que me expõe, renegociar relações é, sempre, de extraordinária complexidade.
Um beijo

Manuel Damas disse...

Agoa, Cristina, não consigo concordar consigo.O "órum da Sexualidade" tem sido feito com enorme carinho e, só eu sei, muitas vezes com tanta dor!Por isso, vamos em frente, mas com admiração desmedidamente assumida.