terça-feira, 29 de maio de 2007

OBRIGADO!



Porque a minha Mãe assim quereria!
Porque eu vou, devagar, querer!
A vida tem que continuar...
Assim, vou erguer-me, lentamente, e avançar, porque assim tem que ser!
A todos os que me apoiaram e de quem recebi doces momentos de verdadeira amizade, o meu eterno obrigado.
A Ti que estás, com extraordinária dignidade, maturidade e afecto, permanentemente a meu lado, dando-me todo o carinho e toda a força, o meu olhar marejado de lágrimas.
À minha Mãe que sei e sinto que está em mim, um enorme lago de saudade e a sentida falta por nunca mais poder pedir "Dá-me colinho!"...

5 comentários:

Mize disse...

Então professor!!! bem, já sabe que estou consigo nesta sua dor, mas , lá vai o lugar comum, avida tem de continuar, e eu tenho que lhe perguntar duas coisas: escreve esta semana para o Janeiro? Se não se sentir capaz não se preocupe, e queria saber se faz o fórum.

Um beijinho grande.

Manuel Damas disse...

Eu sei que a vida continua, Maria José.
E vai continuar!
Logicamente que a crónica seguirá.
Obviamente que o Fórum será feito!
Sem qualquer dúvida.
Um beijo enorme.

Mar da Lua disse...

Contigo...por ti...em ti, a Senhora tua Mãe VIVE. Quanto a essa presença firme a teu lado, outra coisa não seria de esperar de quem É e sabe SER. Um beijo Amigo.

Manuel Damas disse...

Um beijo enorme Patrícia, acompanhado de um sorriso triste.

tb disse...

a morte apenas sobrevive quando nos esquecemos...
Solidária porque de um saber de experiência feito, estou.
Beijo