quarta-feira, 7 de novembro de 2007

SOCRETINICES...

Para que a memória não se deixe prejudicar pelas areias do tempo, aqui vai uma "gracinha"...

10 comentários:

FM disse...

Ohh Professor, não há mais nada para se agarrar...? É que a piada já está gasta e o pôvo quer lá saber do título, quer é que ele faça melhor que os outros... Que maçada! (risos)

Manuel Damas disse...

Esse é uma argumento perverso, Francisco!
É necessário que a memória não se distraia porque, daqui a um ano, serão só foguetes, futebol, fado patrocinado gratuitamente pela corte PS e seus agentes!
Também eu estou aqui para não deixar que a memória se apague!
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
Digo-lhe, aliás, a dois anos de distância...Se as coisas não se modificarem, tencionarei participar na campanha eleitoral contra o Sócrates só ao nível, em toda a minha vida, da campanha em que participei quando a minha mãe foi candidata a deputada! Ou seja...com unhas e dentes e estarei à vontade porque não penso vir a ser candidato a nada...Será tão só e apenas por pedagogia pura e dura!
.)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Mize disse...

Gostei especialmente do....patinho rosa....bem, será que também este vibra?

Pedro Ferreira disse...

Deve vibrar... só pode vibrar!!!
Pelo menos a julgar pela forma carinhosa com que se agarra à cabecinha do bicho!!!

Manuel Damas disse...

Jesus...Maria José...a menina é linda!
É, é!!!
Já comprou o patinho preto com os cristaizinhos da Swarosky?

Manuel Damas disse...

Oh Pedro...não seja falacioso!!!
Por falar nisso...falacioso tem origem etimológica na palavra falo???
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

FM disse...

O que tem o Sócrates a ver com o Pato e os cristais... Ainda não o vi na televisão a cariciar o Patinho... (risos)

Manuel Damas disse...

Da vida sexual da socretina criatura eu não falo...
:)

FM disse...

Olhe que fala... já li por aqui uns "palpites" ou afirmações... (risos)

Manuel Damas disse...

Afirmações nãofaço...As interpretações que os outros tiram do que eu digo...aí, a culpa já não é minha...:)