quinta-feira, 16 de outubro de 2008

SISTEMA PENAL PORTUGUÊS


Desde o dia 25 de Setembro deste ano até hoje um jovem de 17 anos foi detido três vezes, em Gaia.
A primeira vez por fazer parte de um gang.
A segunda vez por furto.
A terceira vez por assalto com esticão na via pública...Finalmente ficou em prisão preventiva.

Este é um exemplo de como funciona hoje em dia o sistema penal português e do péssimo serviço que está a prestar à sociedade portuguesa...
Prisão preventiva só em última instância...
Até quando?

16 comentários:

BlueVelvet disse...

É sempre assim quando se cai em excessos.
Antigamente, por dá cá aquela palha, usava-se a prisão preventiva.
Agora é o contrário.
Veludinhos azuis

Sandra T disse...

Professor desculpe, mas prisão preventiva só mesmo em última instância!

bisturi disse...

Os últimos chimpanzés


FILOMENA NAVES
Conservação. Espécie está em risco de extinção na região ocidental de África. A maior população existe na Costa do Marfim e está em declínio rápido

Investir em parques protegidos é o caminho obrigatório

Dos cem mil chimpanzés que viviam nas florestas da Costa do Marfim nos anos 60, restam hoje, talvez, mil indivíduos. Este declínio rápido, alertam dois biólogos do Instituto Max Planck, na Alemanha, na última edição da Current Biology, conduzirá ao desaparecimento daquela espécie na região se a comunidade internacional que trabalha em conservação não tomar medidas.

A última avaliação das populações de chimpanzés na Costa do Marfim tinha sido feita na década de 80 e, nessa altura, as notícias já eram preocupantes. Dos cem mil animais que povoavam as florestas duas décadas antes, restavam entre oito mil e 12 mil animais. Apesar daquela quebra acentuada, a Costa do Marfim continuou a albergar o grosso das populações daquela espécie na zona ocidental de África.

O trabalho agora realizado por Geneviève Campbell, do Max Planck Institute for Evolutionary Anthropology, mostra uma nova quebra de 90% nos efectivos da espécie, após um período de 20 anos. "Percorri os caminhos no Parque Nacional Marahoué e em florestas classificadas através do país e tive dificuldade nestas últimas em encontrar árvores originais", explicou a bióloga, que fez o trabalho no terreno. A busca de ninhos de chimpanzés (que indicam a presença daqueles animais) não foi muito mais frutífera. "Foi triste ter encontrado apenas um ninho no parque. No estudo feito há 20 anos, foram contabilizados naquela zona 234 ninhos ao longo daqueles mesmos percursos que agora fiz", explicou a investigadora.

A única zona do país onde subsiste uma população viável de chimpanzés, adianta a bióloga, é o Parque Nacional Tai. Mas mesmo assim está muito fragmentada e ameaçada pela caça ilegal.

Os biólogos apontam o crescimento rápido da população humana naquele país (duplicou nos últimos 18 anos) e a guerra civil que estalou em 2002 como as causas na base do declínio dos chimpanzés, que perderam terreno para a agricultura. Por outro lado, com a ruptura das instituições sociais, a fiscalização desencorajadora da caça ilegal também deixou de se fazer. Investir na conservação em parques terá que ser o caminho, com a ajuda da comunidade internacional, escrevem os dois cientistas.in Diário de Notícias

PROPONHO QUE SE ENVIE ESSA MALTA PARA A COSTA DO MARFIM...MAS PRIMEIRO FICAMOS NÓS COM O MARFIM...COITADINHOS DOS ELEFANTES ...PACIÊNCIA...NÃO SE PODE TER TUDO...HÁ QUE SOFRER SACRIFICIOS...IHIHIHIHIHIHIH

Manuel Damas disse...

Estamos em sintonia, "blue"...Um beijinho grande.

Manuel Damas disse...

Discordo totalmente.Um beijo enorme!!!!!!!!!
:)

Manuel Damas disse...

Hum...
Moralista agora, Bisturi???????
Crise de meia idade????
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))

bisturi disse...

Hello...
Falando de crise da meia-idade...então vai sugerir á dona Rosa Carolina que faça THS tratamento hormonal de substituição para tratar o seu problema do BIG O...e sem saber o seu historial clinico???!!!
E o risco de Cancro da Mama ???
Que deslize...!!!

Como este mês é dedicado á prevenção do Cancro da Mama porque não se associar e abordar o tema ....

Senão para a próxima faço zapping e vou assistir ao programa da avó Sue Johanson...eheheheheh

lumiere disse...

mas isto é de rir
o sistema penal parece uma peça representada num palco mas com muita má qualidade
é uma vergonha
e muita gente continua a bater palmas ao sistema penal portugues
mas que é isto
representar sim
brincar com a justiça NÃO

Daiana disse...

De facto, concordo plenamente com o professor! Dão-se demasiadas facilidades aos responsáveis pela criminalidade, muita liberdade e pouco rigor.

Boa noite.

Manuel Damas disse...

Meu caro bisturi...
Tshhhhh...
Eu nao sugeri para ela fazer...se vir a gravação eu digo, ipsis verbis..."porque não fala com a sua médica e lhe sugere fazer terapêutica hormonal de substituição"...
Meu querido amigo...vocês do "corte e coze" são terríveis...nem sempre olham aos detalhes e, de repente, transformam um Euládio numa Ruth e, a maior parte das vezes., sem sequer perceberem porquê!!!
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
:D

Manuel Damas disse...

Um grande abraço, lumière...gostei de o ouvir em directo!
:)))))))))))))))))))))
E a Enfermagem??????????????????????????????????
Tshhhhhhhhhhhhhhh...

Manuel Damas disse...

Subscrevo inteiramente, Daiana.Um beijinho grande e volte sempre!

Pearl disse...

A verdade é o que sistema penal português protege em demasia o arguido... mas o oposto também seria grave. Colocar em prisão preventiva algum eventual inocente... e já diz a máxima penalista: "in dubio pro reo"...
Acho que seja impossivel quanto ao sistema penal agradar a gregos e troianos, porque mexe com dois pilares da vida em sociedade: a segurança e a liberdade! um interferirá sempre com outro...

Manuel Damas disse...

Concordo consigo minha querida "pearl"...devemos procurar uma solução de consenso.Todavia a situação actual parece-me arriscadamente facilitista.

QJ disse...

A prisão preventiva será sempre uma ultima instância, começando logo com a necessidade da moldura penal para o crime praticado esteja dentro dos limites necessários para a aplicação da prisão preventiva.

mas, e é a minha opinião, que vale o que vale, a aplicação da prisão preventiva nem sempre vale de algo, está bem, o tipo enquanto estiver fechado não pratica qualquer tipo de crime, mas aproveita para apreender algumas técnicas que não sabia.

e por fim, sendo menor, a responsabilidade criminal é-lhe imputada a partir dos 16 anos. e mesmo assim, seguindo regras próprias por ser menor de 21 anos

Manuel Damas disse...

Meu caro QJ...antes de mais seja bem vindo.
Quanto à questão da prisão preventiva acho que no momento, a situação é demasiado permissiva, o que torna as coisas obsoletas e extremamente permissivas.
Mas esta não é a minha área de trabalho...apenas uma opinião, enquanto cidadão lusitano.
Um abraço.
Volte sempre...será bem recebido!