terça-feira, 23 de janeiro de 2007

AMO-TE!

4 comentários:

Mize disse...

Está muito emotivo. A imagem é linda.

Manuel Damas disse...

Estou?...Não!
Sou!!:)
Fazem-me bem, sempre, as vossas visitas!
É sinal de que estamos a fazer...e estamos a fazer bem!
Se mais não fôr, criamos afectos e só por si já basta!

Cristina disse...

Como é que uma palavra tão pequenina, causa tantas emoções?
Adorei! Todos nós deveriamos dizer mais vezes "amo-te" seriamos muito mais felizes!
Professor, nunca duvidei dos seus afectos! A maneira como fala, a sua maneira de estar na vida, tudo mas tudo mesmo, "transpira" afecto! Logo da primeira vez que falei consigo, fiz-lhe o "retrato", afectuoso!!!
Espero que continue a dizer "Amo-te" para assim motivar os que estão próximos ... é, às vezes precisamos de exemplos, para fazer e dizer o que há muito tinhamos vontade mas faltava a coragem.
Lindo! Adorei a foto, o comentário mas sobretudo o resultado que pode provovar em quem visita o blog.
Beijinhos e até sexta ... preparado para o "Mundo gay"?
Já agora, "Mundo gay" porque é mesmo um mundo à parte?

Manuel Damas disse...

Olhe Cristina, no dia em que eu deixar de dizer "Amo-te!",se calhar perdeu-se o melhor de mim...se é que isso existe!
Quanto à pergunta sobre o Mundo Gay, responde-lhe de forma bi-unívoca...
Há Mundo Gay, enclausurado, porque a sociedade, ou pelo menos, alguma parte dela os tenta empurrar para um gueto...
Há Mundo Gay, enclausurado, porque os gays, muitas vezes, se deixam acantonar, por comodidade, por protecção, por medo...
Na sexta-feira, acima de tudo, mais um momento de afectos...intra, inter e extra-programa!