terça-feira, 23 de janeiro de 2007

UMA NOVA MANIFESTAÇAO DE ESTUPIDEZ HUMANA...

O cónego Tarcísio Alves defendeu que as mulheres que abortam estão impedidas de ter um funeral religioso, sendo "automaticamente excomungadas" pela Igreja Católica.
Como justificação o referido cónego invoca o Direito Canónico segundo o qual o funeral católico "é um sinal da plena comunhão" e "quem comete um aborto incorre automaticamente numa excomunhão, a mais pesada das censuras eclesiásticas"!
Como receei, desta vez a questão do aborto está a provocar a queda das máscaras que escondem o que de mais sórdido existe em Portugal.
Com declarações deste tipo, deveria ser o cónego Tarcísio Alves a ser afastado, pelos impropérios que lança, supostamente protegido por um hábito que de candura nada tem.

6 comentários:

Cristina disse...

Caem as máscaras?
Não! Há muito que sabiamos que era assim ... mas afinal a opinião destes senhores não é punivel por lei?
O que queria dizer o cónego? que vota sim?
Se calhar ele também foi um dos que apedrejou Maria Madalena ... que não se esqueça, no entanto, que Jesus Cristo socorreu a pecadora.
De acordo com o cónego, o funeral pode não merecer homilia mas que não se esqueça também a Igreja Católica, que é por este tipo de coisas que cada vez perde mais Fieis. Aliás, Deus será o mesmo para todos, só que às vezes damos-lhe outro apelido.
Bem haja, Dr. Manuel Damas é sempre um prazer visitar este cantinho.
(Confesso:estou viciada)

Mar da Lua disse...

O Voto deve ser pela liberdade vs hipocrisia, pelo direito humano vs o sandismo eclesiástico, pela vida vs a não vida. Tão somente isto. Será difícil de entender caramba?

Manuel Damas disse...

Se está viciada...quero confessar que adoro as suas visitas, Cristina.
Significam para mim que estamos no caminho certo e que estamos a construir uma equipa fantástica, construida também com afectos...e isso, é fundamental!
Vá aparecendo e será sempre recebida com enorme carinho.
A sua presença no bolg é reconfortante.

Manuel Damas disse...

Minha querida patucinha...sabem-me bem as tuas visitas, especialmente neste momento.
Estava preocupado com vocês...pensei que algo de errado tinha acontecido.
Mas ainda bem...que está tudo bem.
Um beijo enorme para vós...de mim!

Patrícia disse...

Adorava saber, se um dia fosse possível um referendo sobre o estado cívil dos padres (eis aqui a questão de algo muito sem sentido, mas penso que dá para entender a minha ideia)... qual a posição destes rectos senhores...ai queria queria...e agora a pergunta...quando eles andam para aí a fazer filhos...que lhes fazem???isso também não é digno de excomunhão?

Manuel Damas disse...

Mas, meu anjo....os padres não fazem abortos...nascem afilhados!