domingo, 16 de dezembro de 2007

PRESENTES DE NATAL


E pronto...vai mais um mito para a mesa do canto...
"Os Homens não têm paciência para ir às compras!"
Especialmente para as prendas natalícias...

"Oh querida...já sabes que eu não tenho jeito nenhum para isso!"

"Oh amor, vai lá tu e compra a teu gosto! Sabes que eu concordo sempre! Não gastes muito!!!"

Mas que estereótipo mais falso e hipócrita...
Não é falta de paciência!
É comodismo!
É egoismo!
É estupidez abrutalhada!
Podem dar-se ao luxo de achar que não têm paciência porque acham que existe sempre "uma Micas", na existência de qualquer um, que tem que arranjar paciência para fazer aquilo que o outro não tem pachorra, nem vontade e, acima de tudo, não está para se dar ao incómodo e "acha" que não tem jeito para fazer!
Pois eu não!
Lamento!
Mesmo com todos os defeitos que muitos e muitas acham que tenho!
:)
Eu não admito sequer a possibilidade de que alguém se atreva a fazer as compras por mim!
É um ritual cansativo, concordo, mas que adoro...
Não troco por nada deste mundo a azáfama da escolha dos presentes, cada um pensado e sonhado com detalhe para cada pessoa alvo, sempre tendo no pensamento em cada acto de escolha-compra o sorriso correspondente que imaginamos que o outro vai ter.
Até porque, quando compro, tento sempre comprar o presente ao gosto adequado a quem se destina e não, tendo subliminarmente presentes, as minhas preferências e o desejo implícito de que a pessoa venha a gostar daquilo que eu gostaria que ela gostasse...
As pessoas não precisam de ser como eu gostaria que fossem e eu devo e tenho que aprender a gostar das pessoas como elas são!
Não considerem hipocrisia natalícia, mas é assim mesmo que eu penso...
Assim sendo, metade dos conflitos mundiais ficariam resolvidos pela base.
Mas voltemos ao argumentário inicial.
Obviamente que quero ser eu a escolher as prendas a dar a cada pessoa!
Até porque, fazendo-o, já estou a efectuar o meu "imprinting", já estou a passar para cada prenda a minha maneira de ser e estar, a minha presença, o meu gosto, o meu toque...as minhas idiossincrasias!
E também isso é um acto de amor.
Por isso...
Não admito sequer encarar a hipótese de relegar para outrém aquele que considero um dos maiores actos de amor...o de comprar um presente para alguém!
Mas eu...
Eu sou um Homem de Afectos!

18 comentários:

Sandra Costa disse...

Como compreendo as suas palavras; cá por casa não há uma Micas assim, mas quase que havia.
Porque um "mikito" cá em casa que tb não gosta muito de ir às compras, gostava que eu tratasse dessa tarefa sozinha (a compra dos presentes de Natal). Eu cortei logo de inicio o mal pela raiz loool, ele não gosta mas acompanha-me que remédio e, carrega as sacolas tb, afinal no casamento há que partilhar td (gargalhada).

Manuel Damas disse...

A questão parte por aí também Sandra e não apenas a partilha do bom...
:)))))))))))))))))))))))))
Um beijo e bom domingo

FM disse...

Hoje, pela primeira vez, tive que ler aqui... Não encontrei o PJ... Mas está um texto com muito sumo. Parabéns.
Gosto especialmente desta sua escrita... Fica-lhe bem. (risos)

Manuel Damas disse...

Obrigado Francisco Moreira!
:)

Sandra T disse...

Acima de tudo "é um acto de amor", concordo em absoluto. Se assim não for é só consumismo. Ando há anos a amar, este ano acho que estou farta de amar e de obrigar a ser amada.

Manuel Damas disse...

Não vou parar a tradição...até porque não a quero parar!
:)))))))))))))))))))

Olá!! disse...

Confesso que não gosto muito de ir às compras, especialmente nesta altura... muita gente faz-me confusão, pelo que escolho horas mais "mortas" para o fazer e, felizmente, tenho comigo quem partilha esse prazer de ir, escolher, atribuir e dar...
A vida é feita de afectos,mas, também, de harmonia...
Um Feliz Natal Professor

Manuel Damas disse...

Não!!!!!
Nem pense!
Nem pense, olá, que vai assim, desejando as Boas-Festas e agora só aparece depois do Natal!
nem pense!
:)))))))))))))))))))))))))

Olá!! disse...

É que nem pensar, Professor...
;)))) ainda vai ter de me aturar antes do dia 24

joana disse...

Acho que cada pessoa deve comprar os seus presentes,pelo menos o meu namorado,ou compra os presentes dele,ou acompanha-me,porque nem pensar eu fazer as compras todas sozinha ah ah :)))

Sunshine disse...

Bem... nem sei o que dizer...este ano fiz de mãe Natal, fiz as compras de Natal, dos avós maternos, paternos, dos tios paternos e de mais alguns... Foi só comprar para os meus meninos as prendinhas pedidas na carta ao Pai Natal. Apesar de não gostar de compras fi-lo com muito amor pelos meus filhos, mas também por aqueles que este ano não estão em condições de o fazer.
Não pensem que as compras foram só para os meus pequeninos, foram para todos aqueles de quem gosto muito. Pela primeira vez senti-me como a "Micas", ... e isto sim é triste, mas "The Show must go on", mas estas são outras conversas.

Manuel Damas disse...

Olá, "olá"...não é aturar...é um prazer!
:)))))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Acho muito bem, Joana!
É assim que se fala...

Manuel Damas disse...

CC...o que vai para aí dentro!
Deite cá para fora!
Faz-lhe bem.
Ou aqui...
Ou no e-mail que temos do programa de TV.
Só eu e a Jesus...Maria José é que temos acesso a ele...
Um beijinho muito grande.

Sunshine disse...

Eu deito tudo para fora ... aqui, noutros sítios e junto daqueles que confio. Não estou só e estou muito bem em todos os aspectos, acredite (com diagnóstico médico e tudo, só as defesas é que estão um pouco em baixo)! A minha vida é que deu cá uma volta, mas eu sobrevivi e estou vivendo a vida que posso para tentar construir, não a vida que sonhei, mas a que agora sonho.

Manuel Damas disse...

Minha querida CC...não era, decididamente, à parte médica que eu me referia, como sabe!
Esteja á vontade.
Aqui está-se ou, pelo menos tenta-se estar, entre amigos e, como tal, bem!
Um beijinho grande.

Sunshine disse...

E eu estava a brincar;)))))))))))

Manuel Damas disse...

Imagino...
:)