segunda-feira, 2 de abril de 2007

21º ANIVERSARIO DA RADIO FESTIVAL



Subir a um palco, perante 10.000 pessoas, após a actuação do Marco Paulo e antes de actuarem os Dzrt, não é fácil!
Tão só e apenas por se participar num programa de rádio chamado "Fórum da Sexualidade"...
Isto foi a parte oficial.
Mas, depois, vem todo o enorme resto!
É a parte dos afectos, que tanto aprecio!
É a estatueta de um microfone que recebi e que vou guardar para sempre, com enorme carinho, qual troféu, pelo trabalho desempenhado com enorme e esforçada dignidade.
É o conhecer as vozes que pertencem aos corpos e a percursos e que formam uma rádio.
É, depois, ir para um jantar, com pouco mais de uma dezena de pessoas e conhecer as suas interioridades, as suas realidades e começar a dar nomes às vozes e que são, na realidade, o cérebro e o coração da rádio.
E todo este enorme resto, é a parte que aprecio!
Por tudo isto, por ter sido recebido de uma forma extraordinariamente calorosa, é que passarei a ser um feroz defensor da Rádio Festival.
Porque agora, às vozes, associo nomes, rostos e afectos!
E eu sou daqueles que vivem de afectos...
Obrigado!

4 comentários:

Mize disse...

Foi e é uma honra ter o Professor na Rádio Festival.
Xi coração muito grannnndeeeeee

Manuel Damas disse...

Obrigado Maria José.Beijinho bom....:)

Cristina disse...

Já sabe agora porque é que eu tanto insistia que fizesse parte da festa de aniversário. Não basta falar das pessoas, o que sempre pretendi é que o professor sinta que é parte da Rádio festival. Foi muito bom tê-lo nos bastidores e vê-lo no palco. Aliás é muito bom tê-lo por perto.
Obrigada.

Manuel Damas disse...

Eu já sinto que faço parte da Rádio Festival, Cristina! E tenho enorme prazer e honra nisso! Beijinho bom...:)