terça-feira, 23 de outubro de 2007

SONATA DE UM PIANO SO...


Durante o recital do Artur Pizarro deu-me para escrever...
Parecia jornalista, que não sou!
Não foi fácil arranjar pequeno pedaço de papel onde coubessem garatujos...
E que escrevi eu?
Prosa?
Poesia?
Talvez prosa poética, se é que isso existe!

"Um palco grande, quase enorme...e escuro!
No centro uma luz clara espera, farta de esperar.
No chão, um piano preto,
Igual a tantos outros pianos pretos...
Ávido,
De ser,
De ser tocado,
De ser acariciado...
De repente... um homem entra.
Com mãos!
Mãos com vida!
Mãos com dedos!
Soltam-se os dedos,
que adormecidos acordam.
Ganham espaço.
Fazem magia...
Umas vezes alegre...
Outras, tantas, sombria.
Dedos que tocam as teclas.
Dedos que tocam nas teclas.
Soltam-se os dedos e,
com eles,
voa a mente!"

Não sei que me deu mas, se calhar, foi o jantar que me caiu mal!

15 comentários:

Helena disse...

N professor. Apenas lhe caiu 1 das mtas máscaras... E FICA BEM MELHOR SEM ELA!

Manuel Damas disse...

Obrigado, Helena!

FM disse...

Não amei, mas gostei... continue... (risos)
(as notas devem ser tiradas nos 60 minutos após, para não se perder o fio nem estar demasiado "a quente")

Mar da Lua disse...

ui ui...continua a ir ao Foz Velha e vais ver o que acontece!

Manuel Damas disse...

Essa era alguma norma da Sexologia, Francisco???

Manuel Damas disse...

Minha querida "Mar da Lua"...era bom que soubesses que foste a única pessoa com quem fui ao Foz Velha...

Mize disse...

Gostei imenso das imagens que cria com a dança das palavras.

Manuel Damas disse...

Obrigado, Jesus...Maria José!

Mize disse...

Gostava de ler mais poemas seus.

Conselho: ande mais de bloco.

Manuel Damas disse...

Meu anjo...isso está cá dentro...por baixo das máscaras!
:)))))))))))))))))))))))))))))

Mize disse...

O escritor tem obrigação de não ser egoísta e partilhar.

Manuel Damas disse...

São poucos aqueles que têm direito a partilhar o meu interior!
Mas tenho que reconhecer...a Maria José é uma das poucas ...

Mize disse...

Beijinhos. (e um sorriso envergonhado)

FM disse...

Pronto, cá no "rústico" podem haver "lamechices" (é assim que se escreve?!?) à vontade... No Bloguinho, não. Enfim!

Manuel Damas disse...

Este é um castelinho também adepto da meiguice e do carinho...
Dos Afectos, com "A" grande!
:P