sexta-feira, 7 de março de 2008

DESAFIO...


Não me irritem!
Eu tenho andado muito calmo...
Tenho, até, descurado um pouco este nosso espaço de tertúlia, mas afazeres profissionais esta semana, ocuparam-me o tempo e as energias todas.
Mas agora as coisas vão voltar ao seu ritmo normal.
Faço, amanhã, a última das conferências com que não contava e tudo voltará a ser como antes.
Está bem.
Eu divulgo...
Vou fazer amanhã uma conferência à Universidade Católica, a Viseu, às 15 horas, integrada no "1º International Development And Special Education Congress".
O título da conferência será " O Doce Bailado dos Afectos e as Deficiências"...
Assim sendo, tudo está prestes a regressar à normalidade.
Deste modo, é mais do que altura de lançar um desafio.
Sim!
Um desafio!
Os meninos e as meninas estiveram praticamente uma semana de férias desta tertúlia de desafios por isso, é mais do que altura de espevitar as consciências.
O desafio é...
Todos nos lembramos do nosso primeiro beijo.
E não neguem...é inesquecível.
Onde foi?
Com quem foi?
Que idade tínha?
O cenário?
E, acima de tudo, qual foi a sensação?
Pois...
O desafio é esse mesmo.
Picante?...apenas um levíssimo travo.
Original?
Sem dúvidas!
Provoca uma suave e doce nostalgia?
Obviamente...e a intenção é essa mesmo, só e apenas.
Aqui não reina nenhum resquício de "voyeurismo"...
É apenas recordar uma doce brisa do passado e, se possível, senti-la de novo e, de preferência, com um belo olhar na face, perdido no tempo...
O desafio é para ser deixado aqui e, depois, postá-lo, se quiserem, no vosso blog.
Mãos à obra...

66 comentários:

Waldorf disse...

Nelito, o meu primeiro beijo são TODINHOS...

Bahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

Desafio terminado!

Manuel Damas disse...

:))))))))))))))))))))))))))
E o statler também?

FM disse...

Ohhh Professor, este desafio sabe a "update" de uma das minhas questões... uma que fiz a semana passada. Anda desatento... (risos)

Blue Velvet disse...

Pois é: como só há um primeiro beijo, tenho que repetir o que escrevi no desafio do Francisco.
Ou quer o PRIMEEEEEEEEEEIRO????
Já volto:)))))))))
Beijinhos, veludinhos e cetins

@nn@ disse...

pois por estranho que lhe pareça não me lembro nem do primeiro nem do ultimo, so guardo em memoria bons momentos sem datas. sorry

Waldorf disse...

@nn@ não te lembrares do ultimo beijo é GRAVISSIMO!!!!
Das duas uma, ou sofres de Alzheimer, ou então já não beijas há muito tempo...

Deixo o meu email para o caso de me quereres beijar:

velhoquerbeijar@nn@hotmail.com

Waldorf disse...

Veluda, estou à TUA espera!!!!

Waldorf disse...

Nelito, o velho responde por ele, eu respondo por mim, mas adianto-te que muitas vezes não sabemos quem é quem, e não estou a falar de Alzheimer, falo mesmo de sexo!!!!

Olá!! disse...

Pois, o FM tem razão... mas podemos sempre falar sobre os treinos, 2º beijo, 3º, 4º e por aí fora, até chegar ao ponto de ... (cala-te Olá!!):)))
Beijos Professor e até mais logo

Olá!! disse...

"Eu não beijo na boca... coisa horrível, transmissora de fluidos e virús... blaghhhhh
hahaha
Então foi assim, teria uns 8 anos, o menino era lindo, Paulo Afonso, um coleguinha de escola... estavamos em minha casa e de repente ele perguntou "dás-me um beijo?" ... fiquei coradaaaaaaaaaaaaa e espetei-lhe um beijo na bochecha.
-"Não é desses" disse ele indignado.
Upssssss.... dei-lhe um toque rápido nos lábios e dei à sola para o jardim... o Paulo ficou sózinho na sala, mas voltou no dia seguinte para treinos ;))))"
Cópia do comentário no blog do FM

Manuel Damas disse...

Oh Francisco...são locais diferentes, cenários diferentes, características diferentes.
Uma feira de artesanato na aldeia tem um sabor, num palácio tem outro bem diferente. Se reparar parecem o mesmo artigo,mas em cenários diferentes adquirem outro brilho, outra cor, outra dimensão, um outro glamour! E se por acaso, ui tivesse ido buscar alguma inspiração ao seu bebedouro rústico tenho a certeza que isso para si, seria um elogio!
Mas não, não fui. Tenho andado com pouco tempo para ir aos blogs.
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
De qualquer modo não li a sua história. Ou esta não foi mais do que uma manobra para assim não responder ao desafio?????

Manuel Damas disse...

"Bluesinha" a menina tem suficiente qualidade para conseguir descrever, com requintes ainda mais belos e ricos, o primeiro beijo.

Waldorf disse...

Nelito, estou de olho em ti!!!!

Manuel Damas disse...

Oh @nn@...o primeiro foi assim tão mau? E o último ainda foi pior?
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Waldorf disse...

Pois é nelito, não percebi patavina da resposta da @nn@!!
Estamos em sintonia, eu e tu, obviamente!!!

Bahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

Manuel Damas disse...

Docas...eu não falei de sexo. u lá quero saber, imaginar e quase ouvir os resfolegos do teu primeiro acto sexual?
E lá quero saber contra quem foi?
Apenas queria o primeiro beijo!
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Waldorf disse...

O primeiro beijo em ti, nelito, vai ser na testa, e terá obvimente o sabor da TUA testa!!!!

Bahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Gentinha complicada!!!!

Manuel Damas disse...

Oh "olazinha"...há aí uma coisa que me preocupa. Mas ele pediu..."dás-me um beijo?" ou chegou e de sopetão disse "dá-me um beijo!"...É que são situações e posturas dispares...
Será hoje ele um homem atento e delicado ou um dominador? E tudo, quiça, por causa da menina. Já pensou bem nisso?

Manuel Damas disse...

Ai que susto, docas...
Eu aqui posto em sossego, ainda na minha alcova e tu...credo!!!!

Manuel Damas disse...

Nós não estamos em sintonia, Mr Waldorf...
O diamante e o chumbo nunca entram em sintonia!

Manuel Damas disse...

Beijo teu na minha testa???????????????????????????????????????????????????????????
Credo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Para ficar todo lambuzado de gosma peganhenta.......
A tresandar a cola de placa antiga e as arroz de cabidela do ano passado, com uns restinhos de grelos do Natal!!!!!
Ainda levo com um grumo de rabanada da passagem de ano!
Dá na tua maozinha, coloca num envelope e manda por correio normal. Não!Não precisa de ser em correio azul. Tem tempo...Séculos...

lumiere disse...

o primeiro beijo?
o nostalgia do exatidão do momento!
o ternura !
o primeiro beijo tao marcante para todos!
foi lindo !
com uma pessoa que hoje em dia é uma da sminhas melhores amigas!
sentados no rio a numa tarde de verão!
oh eterna saudade

@nn@ disse...

o rapazes vamos la ver se nos entendemos : foram todos bons e muitos de modo que nao da para me por aqui e dizer tudo né ? e depois ainda me embaralhava ... quanto ao Alzheimer tambem ja o ando a beijar sim senhor, vocês não ? eu nao sou daquelas que escondem a idade, vou a caminhar rapidamente para os 60 cantando e rindo, então o primeiro beijo ... ofafavor... e quero é ainda ter vontade de muitos futuros beijos ! hahaha bom dia para vocês.

Manuel Damas disse...

Era esse belo mergulho no passado que eu queria provocar, lumiere.

Manuel Damas disse...

Oh @nn@...eu à idade não posso fugir, pois apareço todas as semanas na TV e confesso que não tenho nenhum problema com os meus recentes 47 anos...bem pelo contrário!
Quanto ao Alzheimer essa foi do docas e não minha.Ele anda sempre à procura de amiguinhos para o novo clube dele!

lumiere disse...

mergulho no passado de ternura e paixão!
mas falta aqui algo ! confesse va la professor pois foi algo que sempre tentei descortinar nas suas aulas! e o seu primeiro beijo?
esse mergulho no passado que tanto se espera !
vá la diga algo!

gostei de saber que tb deixou de fumar! fomos dois!

Manuel Damas disse...

Oh lumiere...foi você o primeiro a bater o pé!
Ok....
Aqui vai.
Há 500 anos atrás.
Numa escola primária aqui do Porto.
Uma aluna da minha avó...a Carolina!
Uma paixão louca,quase de filme, ainda que de matiné.
Olhar...
Sorrir...
Falta de ar...
Aproximar...
Colar os lábios...
Sem mãos porque naquela altura o máximo que se conseguia, ainda por cima nesta idade, era o "selinho...
Ir às nuvens, total e completamente.
Eu seis anos...ela nove.
Cheguei a casa e escrevi-lhe uma enorme carta e depois dei à empregada dos meus pais para ir colocar no correio, sem selo nem nada.
Hoje, mais de 40 anos depois, ainda tenho essa carta no meu cofre, dada pela minha mãe, muito anos após esta história.
Carta de amores inflamados, quentes, fogosos...Um primor!

lumiere disse...

bem bem! grande maroto!
uma carta? imagino devia ser era um testamento! feliz por saber que a queda na altura era por mulheres mais velhas!
nao se esqueça que amanha é o dia das nossas caras metades

Manuel Damas disse...

Pois...mas o que ficou foi, realmente, a queda por gente mais nova!

mik@ disse...

lol :)
já me fez sorrir...
beijinho

lumiere disse...

sei bem a queda por gente mais nova! especialmente por alegrar os seus alunos nos momentos mais dificeis! sei bem do que falo e o professor tb!

liamaral disse...

Foi bom... coitadinho do Filipe!!

FM disse...

Ohhh Professor, anda confundido com as palestras... o RÚSTICO é este seu "qualquer coisa"... (risos)
O meu é o Bloguinho, aquele "brindar à palavra com emoções menos politizadas"... (risos)
Tentar ROUBAR afectos para este muro de betão é quase fazer Grafiti no vão de uma ponte de, repito, betão. (gargalhadas)
O desafio já foi feito... por isso não vai ter resposta, você é que faltou à resposta no local CERTO. (risos)

Statler disse...

Entre tantos sei lá eu onde pára o primeiro!!!

Coragem disse...

vale fazer copy paste do Fm?
Não, pois não?
Ai 1º beijo, não lembro, nem como nem com quem, acredite quem quiser.
Geralmente as minhas 1ªas
"coisas", ficam com o sabor de esquecimento, para mais tarde não recordar.
E como tal, sorry!
Desafio incompleto :))))))
Mas deixo-lhe aqui um beijo como se fosse o 1º

Olá!! disse...

Ó Professor, por quem me toma, se ele chegasse de sopetão, levava logo um chapadão.... ;))))
Felizmente perdi-lhe o rasto, era uma lástima a beijar... e não me impinja culpas se ele actualmente for um frustrado, eu só fui aos treinos.... hehehe
Que será feito da donzela a quem deu o primeiro beijo???? ;))))
Por falar em "amores" de infância, viu o video que pus hoje no meu blog... estive a falar com o meu filho da mesma idade sobre o assunto. Os miudos são surpreendentes. Mais uma que fica no rol de histórias para lhe contar, tenho de fazer uma lista.... ;))))

Jeanette Zork disse...

Lembro perfeitamente como foi o meu primeiro beijo...mas não conta para a estatística!!!
Prefiro recordar o primeiro beijo com a primeira pessoa que amei...esse sim conta.Foi uma surpresa(ou quase)na praia depois de um jantar á beira-mar num pôr do sol fantástico!!!Soube tão bem que o sentimento das emoções ,do corpo e da minha consciência acerca do amor...mudaram. O poder de um beijo, quem diria:))))
Lindo desafio

@nn@ disse...

boa coragem! estava me a sentir sozinha por nao me lembrar do meu !
raio de perguntas lol parecem aqueles caderninhos de "inquéritos" quando eu andava no liceu ! cor preferida ? onde gosta de passear ? ooooooooo professor vamos la ser mais imaginativos que aqui nao andam so loiras .... beijinhos e boa emissao

macaw disse...

primeiro, primeiríssimo beijo não foi nada de especial, porque não foi sentido!
Mas lembro-me perfeitamente de tudo! Na altura, eu e as minhas amigas costumávamos ver muitas novelas brasileiras e sempre que víamos uma cena de um beijo prolongado, fícávamos com curiosidade para saber como era...
ora bem, chegou o dia em que decidimos experimentar. Eu e 2 colegas minhas, todas com 8 anos, ele com 14. Lá nos encontramos num sítio onde niguém nos pudesse ver. Lembro-me de que a "susana" foi a 1ª candidata (LOL, isto é tão ridículo) enquanto que eu e a "maria" incentivavamos a que se despachassem a dar o beijo. O moço não era lá muito decidido, portanto "picávamos" a susanita para que desse o dito beijo e depois nos dissesse como era. Como nenhum dos 2 se decidia, comecei a ficar a impaciente e então lembrei-me de incentivar a "maria", mas a "maria" era muito tímida e não queria ser a 1ª, tendo-me respondido "tu que estás a falar muito, porque não dás tu o 1º beijo?!", ao que eu engoli em seco, mas disse logo que sim. Aproximei-me do moço, que de resto acho que deveria estar mais nervoso que eu, e comecei a beijá-lo. Não demorou tanto tempo como o beijo das novelas (LOL), mas tentei que demorasse algum tempito. Desilusão, não senti nada de especial, pelo menos não me lembro de ter sentido. No fim, como era de esperar, lá ouvi as piaditas do costume e logo a seguir surgiu a questão que procurávamos responder, "como foi?". Eu dei-me ares de importância e não respondi só para as picar, e incentivei-as novamente a que experimentassem. Mas, como ele não tomava iniciativa, elas deixaram-se ficar. Pronto! E, eu agora vou-me recolher ao meu planeta, porque esta foi uma história sem graça, mas foi o que aconteceu.

Se quiser ouvir a história sobre um beijo que nos leva às nuvens, tem de colocar a questão de outra forma ;)

bjinhos;))))

Manuel Damas disse...

Um beijinho grande. "micas"...

Waldorf disse...

Damas, ainda estás aí?
Tens um programa para ir fazer!!!!

IDE!!!!!!!

Manuel Damas disse...

Lumiere, meu caro...nem todas as verdades são passíveis de serem ditas!
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Oh lia...então ficamos só com um nome????
Apenas????
Beijito e obrigado pela colaboração!

Manuel Damas disse...

Oh Francisco....qual o espanto...Normalmente você foge aos momentos de deixar cair a máscara...desde que não politicamente correcta!
Vai à manif amanha?
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Olá sta...ainda és vivo, homem?

Manuel Damas disse...

Coragem, meu anjo lindo o desafio era isso mesmo...tão só e apenas um desafio. O que conta, realmente, é a sua presença.Beijito grande.

Manuel Damas disse...

"Olá" temos que marcar um chá...para uma tarde inteira!
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Jeanette....um beijo, com quem se ama, tem um poder imenso...de ir á lua e voltar!

Manuel Damas disse...

@nn@...essa da teia de aranha não me convence. preferia a outra...a do rosto...é mais transparente. quanto a desafios...me aguarde!
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Achei a história linda. mac...fez-me sorrir com nostalgia. Obrigado!

Manuel Damas disse...

Waldorf...meu caro...acabadinho de chegar de Viseu e a mordiscar alguma coisa, apenas passei por aqui porque já tenho saudades destes meus afectos!

FM disse...

Vou à Manif, vou de polícia disfarçado... (risos)

Blue Velvet disse...

Wal, a Veluda de quem estás à espera sou???
Espera que já aí vou.
Aliás, para que conste, informo que fui aos blogues das meninas todas dar beijinhos pelo dia de hoje, mas de homens, hoje só vou a 4.
Quem serão?rsrsrsrs

Blue Velvet disse...

Profezinho do meu coração, aqui estou eu a dar-lhe um repenicado beijo nas bochechas, só por tratar tão bem as meninas.
Chuac, chuac
e cetins rsrsrs

Blue Velvet disse...

Muito gosta de picar o gafanhoto :)))))
Está bem, então lá vai o mesmo beijo do FM mas com outro requinte.

Era Verão.
Uma noite de Agosto,daquelas que convidam a grandes paixões.
Estavamos na praia. No Algarve.
A lua, as estrelas, o mar.
E ele. Lindo.
Príncipe louro, alto, de belos olhos azuis.
Estavamos deitados a olhar as estrelas.
Ele foi-se levantando devagarinho, passou-me o braço por trás das costas, foi aproximando a cara da minha, a boca da minha, e deu-me o primeiro beijo da minha vida.
Foi lindo demais.
O meu coração parecia que ia saltar do peito, e na minha cabeça uma pergunta ia e vinha sem resposta:O quê que eu faço à língua????
Falta acrescentar 3 pequenas coisinhas:
Eu tinha 12 anos.
A esse seguiram-se outros. Beijos.
Ah, ele é do Porto e todo o Portugal sabe quem é.
E mais não digo.:))))))))
Beijinhos, veludihos e cetins...

Manuel Damas disse...

Vão lá estar muitos assim de certeza, Francisco!
:))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Oh "bluesinha" meu anjo...
Do Porto sou...
Príncipe, também...
Os olhos, dizem que são castanho esverdeados, quase verdes com a água do mar...
Agora alto, sinceramente, não sei se me posso considerar alto...
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
Um beijito e um feliz dia da mulher...de preferência com a barriga atrás do fogão a cozinhar doçuras e travessuras para o maridão...
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Sunshine disse...

Do primeiro beijo hoje não me apetece falar, já falei no blog do fm.
Apetece-me falar do último: foi hoje de manhã, bracinhos à volta do pescoço: "Mãe gosto muito de tu". Neste momento este foi o meu melhor beijo.
Bjinhos

Manuel Damas disse...

Isso é batotinha CC...
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Sunshine disse...

Hoje, só podia responder com batota!!!

Manuel Damas disse...

:)))))))))))))))
Um beijito.

AllenGirll disse...

Recordo bem o meu primeiro beijo... Mas e se lhe disser que foram vários primeiros beijos?

E que aqueles beijos dados em idade mais jovem, não foram considerados "beijos", mas apenas uma tentativa de controlar as hormonas próprias da idade? LOL

Só aquele dado com verdadeiro amor por aquela pessoa...esse sim, foi o meu primeiro beijo especial...

O professor esteve na minha terrinha e eu nem sequer pude ir vê-lo...

:(

Beijinhos*

Manuel Damas disse...

Se a sua terra é Viseu, "Allen", estive sim senhora...
A fazer uma conferência intitulada " O doce bailado dos Afectos e as Deficiências..."
Deixe lá.
Não faltarão oportunidades!
:)))))))))))))))))))

diabitah disse...

Ups...desta vez vim um bocado tarde mas tem sido dificil e por vezes mesmo impossivel estar na net ultimamente, no enanto, passei so para dizer que com sinceridade, infelismente não me consigo recordar do meu primeiro beijo...espero que seja apenas por andar extremamente cansada e com imenso trabalho, no entanto, quando tiver novidades tento passar ca para contar como foi :P

bjos uma optima semana...

AllenGirll disse...

Pois...esteve em Viseu e eu não pude mesmo ir vÊ-lo porque não estou lá..

Quando voltar, espero que me avise ;)

Beijinhos, Professor*

(E volte sempre à minha cidade!)

Gonçalo disse...

Olá Professor Manuel, desculpe a prolongada ausência mas tenho andado ocupado e este tema merecia algum tempo para me debruçar:)

Se o primeiro beijo é o primeiro beijo de amor, então digo-lhe já que nunca senti e a questão fica já aqui arrumada;)

Se o primeiro beijo é o primeiro beijo em geral, então digo-lhe que penso que foi num daqueles jogos típicos da adolescência chamado "Verdade ou Consequência", foi uma das minhas consequências e deve ter corrido tão bem que no final a moça ainda se virou para mim e disse "mas tu não me deste um beijo na boca, deste-me no queixo" Mas era Carnaval e ninguém levou a mal;)

Aguardo activamente pelo primeiro beijo de amor, mas como sou muito dono da minha sexualidade, não uso máscaras e uso os afectos segundo aquilo que sou e quero ser, vivo o amor em geral acreditando que o amor restrito surgirá naturalmente:)

Um grande abraço e boa semana!:)