domingo, 2 de março de 2008

LUTA DOS SEXOS



O facto de, em termos de vida fértil média, sem acidentes de percurso, a mulher produzir cerca de 400 óvulos e o homem 12 milhões de espermatozóides, levanta algumas questões interessantes...
Inclusive que se intrincam na igualdade versus desigualdade dos sexos...
Em termos meramente científicos, obviamente, serão os óvulos uma raridade a aproveitar ou os espermatozóides terão que ser em muito maior número para permitir a fecundação de muitas e muitas mais fêmeas?
Este dado científico gera reflexões e algumas intervenções, por vezes polémicas...
Entre na discussão e deixe aqui o seu contributo.
Depois, leve o tema para o seu blog e, se quiser, crie lá um outro núcleoo de reflexão.
Vamos a isto!

34 comentários:

Jeanette Zork disse...

Sou uma leiga na matéria...deixo isso para os especialistas.
no further comments

parvinha disse...

Professor, volto com este desafio!
Vou agarrar na esferográfica(risos)
Muitos beijinhos

Olá!! disse...

Eu também sou leiga, mas para além de fértil, tenho uma imaginação fértil hehehehe
Vou meditar sobre o assunto :))))
Beijosssssssssssssss
PS. Então vai deixar recados para mim nos "Marretas"????? hahahaha

mik@ disse...

eu podia ser mázinha e dizer que todas as coisas que são muito boas também são de facto muito raras :P
(as mulheres são melhores ehehe)

eheheh na verdade nao entendo nada do assunto...

mas se o homem produz maior quantidade pela lógica deve ser para garantir que algum deles atinge o objectivo e reduzir ao minimo a margem de erro...

Manuel Damas disse...

Falta de imaginação, Jeanette?
:)))))))))

Manuel Damas disse...

Acho bem "parv".
Beijinho grande!

Manuel Damas disse...

Achei, no mínimo original...
:)))))))))))))))))
Beijito, "olá!"

Manuel Damas disse...

Ou para poder fazer felizes mais "candidatas fêmeas"?
:))))))))))))))))))))))))))))))))))

Statler disse...

Não tenho nada a declarar, fico-me pela provocação de encontros!!!

(eles que se entendam, bichinhos irriquietos)

Coragem disse...

Professor há um ditado do qual não abdico nunca:
Quantidade, não é nem nunca será sinónimo de qualidade.

Digo também que, a maior parte dos espermatezoides existentes em cada homem, morrem às mãos dos mesmos.


Não bastando, as "criaturas" têm fama de preguiçosos :)))))))
(não confirmo nem desminto)
mas a verdade é que as estatisticas dizem que,a infertilidade no casal, em maior numero deve-se ao homem.

Resta-me acreditar, que a vantagem é das femeas, terão elas que precisar de muitos e muitos mais "machos" para serem fecundadas.

Era suposto ser um assunto sério
Fiz o que pude...
:))))))))))))))))))))))))
Beijinho

Gonçalo disse...

Olá Professor Manuel (soou bem este nome no programa)), antes de mais nada deixe-me felicitá-lo pela agradável presença no seu programa, vi cerca de meia-hora, gostei e estarei atento aos próximos capítulos:) Principalmente porque gostei do "pandam" que o cor-de-rosa das suas sapatilhas faziam com a sua indumentária superior :P
Quanro ao desafio, e se lhe dissesse que não há sexos? Se lhe dissesse que é um "fait-divers" a questão da luta de sexos? A luta entre sexos passa pela unicidade do Eu, e esse Eu é muito mais do que sexos, esse Eu é "muito igual" independentemente de ser homem ou mulher!
Está aberta a discussão:)
Um abraço e fique bem;)

Manuel Damas disse...

Eh, eh, eh...
Em TV é bem mais interventivo, oh Statler...
:))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Oh "coragem"...adorei essa afirmação de que a maioria dos espermatozoides morre à mão dos homens...
:))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Oh Gonçalo...tenho de discordar de si!
:)))))))))))))))))))))))))))))))
Acredito na unicidade do eu enquanto ser animado...mas depois a sociedade, a cultura, a família, a história, o passado e o futuro modificam este binómio de estatuto/papel...
E não vou comentar as diferenças fisiológicas que essas espero que o "menino-enfermeiro" conheça!
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Statler disse...

Oh Damas, mas isso é para me ouvir depois ao domingo, que é de onde vim agora mesmo!

E como já é segunda feira desejo-lhe uma semana muito atribulada. Sinal que irá estar prenho de vida.

Manuel Damas disse...

Também eu estive a ouvir atentamente, Sta...
Parabéns pela intervenção, apesar de não ter sido o único bloguista!
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Statler disse...

Oh stôr, acha que vale a pena corrigir o prenho?
Pois, verdade seja dita que se me "calar" pode ser que passe despercebido...

Ok, para a próxima faço mais atenção!!!!

Statler disse...

Pois, não descortinei a bloguista, apenas me apercebi que estivemos rodeados de personagens femininas, que diga-se de passagem é um prazer quando assim é.

Nada contra eles, mas prefiro sentir elas por perto!!!

Manuel Damas disse...

Meu caro sta...
1-Nunca me vi na necessidade de calar alguém.
2-Não me consigo vê-lo a fazê-lo ( calar alguém, obviamente), com facilidade.
3-Acha mesmo que o "prenho" me incomoda?Essa sim considero injusta.
4-Não precisa de fazer atenção...Ainda não senti motivo para tal atitude.
5-Estamos entendidos?
:))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Havia colegas que achavam que quando alguém necessitava de afirmar continuamente o seu gosto por gelado de pêssego, o mais certo era gostar de gelado de framboesa...
Mas, obviamente, que isso era uma suposição de outros colegas, meu caro , Sta,,,

Olá!! disse...

Gosto de pensar que o óvulo se comporta “femininamente” e o espermatezoide “masculinamente”.
O óvulo é visto como grande e passivo, já o esperma é pequeno e hiperactivo…
Por pequeno que seja o sinal de alarme, lá sai o espermatezoide disparado, abanando a cauda de contente… resultado, na maioria das vezes, um total desperdicio, é vê-lo bater na parede do wc, esbarrar na borracha do preservativo ou, ainda pior, virar pastel nas mãos de quem o provocou…
A mulher é ponderada, usa o seu óvulo com cuidado… dizem até que não é o espermatezoide que vence a corrida e ganha a taça, é sim o óvulo que escolhe minuciosamente aquele que mais lhe agrada. Agarra-o com força, obrigando-o a entrar, aí bem pode ele bater a potente cauda, que já era…
Tem lógica… as mulheres continuam em alta.
;)))) viva o ciclo da vida, sem guerras…
E agora nada de bocas, eu disse que era leiga, tá????

Bejinhos ;))))

Statler disse...

Xiiiii... terei tocado em algum ponto sensivel?
Parece-me que sim.

Damas, encosta a cabecinha ao meu ombro e desabafa!!!!

Gonçalo disse...

"Acredito na unicidade do eu enquanto ser animado...mas depois a sociedade, a cultura, a família, a história, o passado e o futuro modificam este binómio de estatuto/papel..."

Modificam por opção própria, sempre que as ideias pré-concebidas conseguem superar as ideias próprias, sempre que somos aquilo que os outros querem, em vez de sermos aquilo que queremos, e essa vontade não depende de sexos, depende apenas da unicidade do Eu;)

Quanto às diferenças fisiológicas entre os sexos, conheço bem a Anatomia, apesar de ter levado grandes injecções de teoria e de sentir a lacuna na anatomia prática :P
Um abraço!

vsuzano disse...

Bem como não percebo nada desta “Guerras” aqui vai uma opinião…

A coisa é bem mais complicada do que se imagina...parece que os girinos são muitos porque se dividem em 3 categorias :
-os fecundadores,
-os kamikazes
-os assassinos
Ou seja a maioria dos girinos são bloqueadores ou matadores...(da competição claro...)

Por este ponto de vista estamos perante a eterna luta para a perpetuação da (MINHA) espécie…

Os homens tentam monopolizar e conquistar as mulheres, e estas (instintivamente ou não ;-) ) tentam obter os melhores genes possíveis, não se importando com as acções ou estratégias… para atingir tal fim…

Quanto àqueles girinos desperdiçados em paredes de WC, em mãos, ou que batem com o nariz na borracha… são protótipos para uma melhor produção futura...(hehehe)

Já agora umas curiosidades ou não...:
-10% de todas as pessoas do mundo não são filhos dos seus pais de criação…
-Já imaginou que as mulheres podem influenciar a sua fertilidade pela masturbação?
-Ou que os homens ajustam a quantidade de esperma a ser ejaculado de acordo com a probabilidade da parceira ter sido infiel recentemente?
-Que a chance das mulheres serem infiéis aumenta consideravelmente durante seu período fértil?
-Que elas tendem a fazer mais sexo com seu parceiro regular nas fases inférteis?

Cala-te boca … que já estás a falar demais…

Viva mas é a bonança com muito sexo… de preferência com a mulher que Ama (é o melhor sexo mesmo)...rsrsrsrs

Manuel Damas disse...

"é vê-lo bater na parede do wc, esbarrar na borracha do preservativo ou, ainda pior, virar pastel nas mãos de quem o provocou"...
Bem...
Olazinha!
Até eu fiquei surpreso.
Mas ficaram por apresentar diversas outras opções!
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
"Agarra-o com força, obrigando-o a entrar, aí bem pode ele bater a potente cauda, que já era…"
Uops...
Agora a visão foi muito mais dantesca...
A mulher-aspirador...que suga, que aperta, que engole, que asfixia...o pobre do homem, obviamente, antes que mentes mais perversas me acusem de pornografia...
Olá Statler...
Tremi de medo...
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
E por aqui me fico...
Obrigado pela colaboração.
Jinhos

Manuel Damas disse...

Stasinho...meu anjo...não te aches com capacidades adivinhatórias, porque não és a Maya...ainda!
Não, meu querido...não descobriste nenhum Calcanhar de Aquiles, até porque o Aquiles era medonho!

Manuel Damas disse...

Oh Gonçalo...na sua idade e você ainda sente lacunas
na anatomia prática????
Oh senhor doutor-enfermeiro!!!!
Mas como é isso possível?
Oh homem...com todas a possibilidades que a Modernidade oferece???
Que despautério!
Assm acredito mesmo que a unicidade do seu EU esteja e se sinta ameaçada!
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
Estou a brincar consigo, Gonçalo, obviamente, mas com boa intenção!

Manuel Damas disse...

Oh vsu...as suas "curiosidades" são tenebrosas, homem!
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
Um abraço

Sunshine disse...

Após leitura cuidada dos dados científicos que aqui nos são apresentados retiro uma conclusão: os homens ao longo da sua vida desperdiçam muito mais que as mulheres: 30 000 mil vezes mais.
Beijinhos com raio de Sol

Manuel Damas disse...

:)))))))))))))))))))))))))
Um beijinho e espero que esse raio de sol, CC se transforme em manhã de sol!
:))))))))))))))))

parvinha disse...

Luta de sexos, não vejo , não ouço, não quero saber... quando sinto obviamente protesto, bato o pé!

Só me interessa gente com a cabecinha no sítio, egoismo? Penso que não!

Já venho de uma familia de mulheres que trabalham bastante, enfim... Penso que fui clara!

Há espermatzóides que não gostam que os óvulos ganhem mais, outros gostam de uma "mamazinha", há gostos para tudo(risos)

O mesmo se passa ao contrário, depois querem igualdade de direitos... O ser humano é complexo!

Muitos beijinhos

Manuel Damas disse...

Muito complexo, "parv"...
Obrigado pela sua intervenção!
Beijinho!

Waldorf disse...

Velho, melindraste qualquer coisa que não se percebe!!!!
Digo-te isto por várias ordens de razões que não me apetece enumerar...

FUI

Manuel Damas disse...

Oh docas...mas que mania!Eu não sou assim criatura tão melindrosa!!!!