quarta-feira, 5 de março de 2008

PILULA DO DIA SEGUINTE...


206.648 foi o número de embalagens de pílula do dia seguinte que foram vendidas, em Portugal, em 2007, significando um volume de negócios no valor de 2.184.000 euros.
Independentemente do quantitativo gasto ser violento, especificamente se pensarmos que se trata de uma terapêutica para uma situação de emergência ou de descuido, preferia que esta reflexão se direcionasse noutro sentido.
Cerca de 200.000 embalagens vendidas, em Portugal, num ano...
Considero um montante perigosamente elevado.
Falo da pílula do dia seguinte que é considerada uma situação de recurso, in extremis, como resposta a um imprevisto.
Mas, para imprevisto, são montantes demasiado elevados...
Receio, sinceramente, que muitas jovens estejam a usar a pílula do dia seguinte como solução habitual...Assim sendo, rapidamente se poderá tornar numa questão de Saúde Pública porque a pílula do dia seguinte não pode nem deve ser usada como hábito.
Principalmente porque são doses elevadíssimas de hormonas, brutais mesmo, que o organismo consegue metabolizar numa situação de emergência mas que, usadas sistematicamente, podem configurar uma situação de extraordinário potencial de risco.
E seria bom que as entidades o assumissem com clareza.
Mais uma questão a ser debatida com transparência mas frontalmente, no programa da tal "Educação Sexual" que eu tanto e há tanto tempo reivindico para Portugal.

24 comentários:

PDuarte disse...

Ó Damas, tu és o Serviço Público em pessoa. Este artigo havia de ser fotocopiado e afixado obrigatóriamente em todas as escolas e Centros de Saúde.
Um abraço, pá!

Statler disse...

Pilula do dia seguinte, só a definição da pilula já está a dizer muito e erradamente.
Todos os dias têm um dia seguinte, vai daí... no dia seguinte logo se vê.

Haja educação e não remediação!!!!

Quer se dizer, sexo com educação, sem palavrões e entre orações!!!

Olá!! disse...

Concordo em absoluto.
E a bem-dita disciplina que nunca mais entra no programa curricular.
Há abaixo assinados para quase tudo, não há nenhum para isto?????
Beijinhosssssssss

Sandra T disse...

Pois... muita razão... mas estamos num país onde os preservativos são caríssimos e a pílula, ao contrário do que se diz, nem sempre é gratuíta. Bem como a educação sexual, que não há, e o resto e o resto e o resto...
Assim, não admira muito!

Manuel Damas disse...

Meu caro pduarte...oh homem de serviço público eu não tenho nada até porque há anos que abandonei o Serviço Nacional de Saúde!
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
Um abraço.

Manuel Damas disse...

Gostei dessa tua frase, Statler...
haja educação e não remediação!
Obrigado!

Manuel Damas disse...

São muitos os poderes contra, "olazinha"...

Manuel Damas disse...

É bom que também isso se diga, Sandra.
Na realidade, ao contrário do que se diz, a pílula nem sempre é gratuita.
Beijito

vsuzano disse...

caramba ??? hoje que dia é ???? quarta ??? quinta ???? esprem por favor que tenho que fazer um telefonema rapidinho a ver se ainda vai a tempo.... desculpem tenho que sair rápidamente na mota, para rápidamente passar na farmácia..... RSRSRSRSRSRSRS

Concordo inteiramente, continua a disciplina a faltar e a falta que ela faz !!!!!

kimikkal disse...

Educação Sexual continua a ser uma miragem, pois ainda há muita mente retrógrada em lugares importantes, há pelo menos 20 anos que se fala na dita sem aplicação prática.

Manuel Damas disse...

Eu sei, meu caro vsu...eu sei!
Abraços...

Manuel Damas disse...

Mais especificamente desde 1984 meu caro" Kimi".
Eu já ando nessa guerra há muito tempo.
Seja bem vindo.
Um abraço

liamaral disse...

Não deixa de ter razão Prfessor! Apesar de eu achar que a pipula do dia seguinte será uma boa hipótese para uma emergência! Eu confesso que já usei uma vez. A questão aqui prende-se com o facto de ser um medicamento de venda livre e isso é que faz com que tantas mulheres possam fazer dela um meio de contracepção usual, que como disse não é nada saudável!!

Beijinho!!

Waldorf disse...

Siga!!!!

lumiere disse...

bem a verdade é mesmo essa!
esta-se a usar algo de um aforma para a qual nao deve ser! educação sexual sou completamente a favor o pior é quando essa pessoa que vai falar de sexo consegue ter mais preconnceitos que os alunos! eu tenho um irmao de 14 anos a estudar numa escola publica e de ves em quando tem aulas de educação sexual mas ao que me parece quando conversamos os dois a professora é mais envergonhada do que eles!
pilula gratuita?
aonde
acho que há muita gente a querer saaber!
e pilula do sia seguinte?
nao havera outro nome?
aonde ja ouvi esta conversa?


se bem me lembro foi numa aula
abraços

bisturi disse...

Olá... olha e porque não definir isto como CONTRACEPÇÃO DE EMERGÊNCIA...e não a tão apelativa e convidativa pílula do dia seguinte e seguinte e seguinte....convida mesmo a repetir...não será assim?

Pearl disse...

O problema é que neste país ninguém morre com SIDA. Há pessoas que repentinamente ficam doentes e falecem com uma tuberculose ou com uma pneumonia fulminante. Culpam-se os dias de verão durante o inverno e o frio que surgiu fora de época, porque o tempo já não é como era...
E enquanto assim for, a gravidez continuará a ser o único e principal factor de vergonha social a evitar para quem tem uma vida sexualmente activa e militantemente ignorante, patrocinada por governos que promovem o aborto como a derradeira solução.

Manuel Damas disse...

Como emergência tudo bem, lia. Por hábito nem pensar!

Manuel Damas disse...

Segui...

Manuel Damas disse...

:))))))))))))))))))))))))))))
Foi numa aula, lumière, dada por mim, homem!
Um grande abraço.

Manuel Damas disse...

Uma belíssima ideia, "bisturi"!!!!!!

Manuel Damas disse...

Oh Pearl...desculpe lá mas aí não posso concordar consigo. Eu fiz campanha pela dignidade da mulher.Um beijinho grande

Pearl disse...

Doc, até na Roménia muito antes de ser discriminalizado o aborto, a disciplina de educação sexual era obrigatória para alunos do equivalente ao 9º ano!
Sei que defende a dignidade das mulheres quando defende a educação sexual. Juntamente com polítias efectivas de planeamento familiar, essa é a única forma de dignificar pessoas.

Manuel Damas disse...

Tudo isso, Pearl e muito mais...São muitas propostas, estruturadas, que, inclusive, já publiquei em jornal.A papa está toda feita. è preciso apenas colocá-la na boca...