segunda-feira, 3 de março de 2008

FERNANDO PESSOA...sempre actual!


"Deus quer, o homem sonha, a obra nasce.
Deus quis que a terra fosse toda uma, Que o mar unisse, já não separasse.
Sagrou-te, e foste desvendando a espuma,

E a orla branca foi de ilha em continente,
Clareou, correndo, até ao fim do mundo,
E viu-se a terra inteira, de repente,
Surgir, redonda, do azul profundo.

Quem te sagrou criou-te português.
Do mar e nós em ti nos deu sinal.
Cumpriu-se o Mar, e o Império se desfez.
Senhor, falta cumprir-se Portugal!"

Fernando Pessoa in "Mensagem"

E, na realidade, falta cumprir-se Portugal!
E, até quando, os portugueses assim continuarão e tudo aceitarão?
Portugal, já!

33 comentários:

Luís Galego disse...

qualquer coisa de muito adormecido anda a caracterizar o povo português: será sentimento de impotência? será cobardia? será medo? o que falta para se cumprir Portugal?

Jeanette Zork disse...

O que falta para cumprir-se Portugal?
Dom Sebastião, como primeiro ministro...numa neblosa manhã de nevoeiro.
Enquanto olhamos para os nossos parceiros europeus, exclamamos, num tom de inércia e marasmo:
"Num ímpeto difuso de quebranto,
tudo encetei e nada possuí...
Hoje,de mim, só resta o desencanto das coisas que beijei mas não vivi...um pouco mais de sol-fora brasa
um pouco mais de azul-e fora além.
Para atingir,faltou-me um golpe de asa..."
Afinal foi só por acaso e quase que não se cumpriu e cumpre Portugal.Aguarda este estranho povo, Sebastião???espero que não...aliás porque as previsões metereológicas nos próximos meses não prevêem nevoeiro :))))

mik@ disse...

ahhh confesso que a minha disciplina preferida no secundário era português :)

adorei fernado pessoa e descodificar os poemas era empolgante :P

falta mesmo cumprir-se portugal... deviamos meter os olhos nos paises que estão mais a frente que nós e fazer com que as coisas resultam aqui tal como resultam lá...

boa semana professor,
beijinhos

lumiere disse...

ja li e ja ouvi esta musica pela estudantina! é algo de fantastico ! algo que nem mil palavras conseguiraõ explicar o sentimento de ser portugues

macaw disse...

Pois, Portugal navegou tudo quanto era mar, mas digamos que no fim ficou em terra...
E, continua por se cumprir...
Veja lá, Portugal tem um atraso de 10 anos em relação à europa e certas mentalidades portuguesas estão atrasadas outros 10 anos em relação à Portugal. Ora, fazendo os cálculos em atrasos, há muito caminho a percorrer para atingirmos um nível razoável de desenvolvimento! LOL
Hoje, estou mesmo com o optimismo em alta. LOL

bjinhos ;)))))))

Pearl disse...

Caro Doc MD,
Se me permite, uma pergunta inocente: não está por acaso a pensar candidatar-se a nenhum cargo político em breve, não?

macaw disse...

"Tiveste gente de muita coragem
E acreditaste na tua mensagem
Foste ganhando terreno
E foste perdendo a memória

Já tinhas meio mundo na mão
Quiseste impor a tua religião
E acabaste por perder a liberdade
A caminho da glória

Ai, Portugal, Portugal
De que é que tu estás à espera?
Tens um pé numa galera
E outro no fundo do mar
Ai, Portugal, Portugal
Enquanto ficares à espera
Ninguém te pode ajudar

Tiveste muita carta para bater
Quem joga deve aprender a perder
Que a sorte nunca vem só
Quando bate à nossa porta

Esbanjaste muita vida nas apostas
E agora trazes o desgosto às costas
Não se pode estar direito
Quando se tem a espinha torta

Ai, Portugal, Portugal
De que é que tu estás à espera?
Tens um pé numa galera
E outro no fundo do mar
Ai, Portugal, Portugal
Enquanto ficares à espera
Ninguém te pode ajudar

Fizeste cegos de quem olhos tinha
Quiseste pôr toda a gente na linha
Trocaste a alma e o coração
Pela ponta das tuas lanças

Difamaste quem verdades dizia
Confundiste amor com pornografia
E depois perdeste o gosto
De brincar com as tuas crianças

Ai, Portugal, Portugal
De que é que tu estás à espera?
Tens um pé numa galera
E outro no fundo do mar
Ai, Portugal, Portugal
Enquanto ficares à espera
Ninguém te pode ajudar

Ai, Portugal, Portugal
De que é que tu estás à espera?
Tens um pé numa galera
E outro no fundo do mar
Ai, Portugal, Portugal
Enquanto ficares à espera
Ninguém te pode ajudar"

Mesmo longe, a realidade portuguesa afecta-me imenso, porque tenho aí a minha família e os amigos. E, vejo-os cada vez pior :((((((((((((
ordenados reduzidos
despedimentos
famílias para sustentar e poucos meios à vista
etc
etc
etc
portugal passou da tanga para a total nudez...
o sentimento de impotência cresce, por não poder fazer nada que contribua para a mudança (boa de preferência)

bjinhos ;)

Oliva verde disse...

Será que falta mesmo cumprir-se alguma coisa ou somos nós, Sebastianistas convictos, que esperamos sempre que algo se faça em vez de lutarmos por fazer e mudar o que gostaríamos que mudasse?
E os outros povos? São assim tão diferentes de nós? acharão eles que nas suas terras tudo corre muito melhor?
Talvez não!

Camilo disse...

"Falta cumprir-se portugal"...
Continuamos a ser um país "adiado".
Até quando?!!!

Manuel Damas disse...

Oh Luis, nessa lista você esqueceu-se de incluir o "fado" que, não servindo de desculpa, caracteriza, todavia, o acto de ser português.

Manuel Damas disse...

Creio, Jeanette, que muitos portugueses desisitiram já de serem portugueses e isso preocupa-me.
Ainda que a crise seja justificação e defesa para muitas atitudes...

Manuel Damas disse...

Tmabém eu adorei "Português", "micas", mas agora adorava gostar de me sentir português.

Manuel Damas disse...

Também já ouvi, lumiere, no Coliseu do Porto, há uns anos...impagável!!!!!

Manuel Damas disse...

Compreendo-a perfeitamente, minha querida "mac" porque recordo quando estava em Espanha ou nos EUA...ficava com mais distanciamento e mais capacidade de análise crítica! E o desespero aumentava exponencialmente.

Manuel Damas disse...

Não minha querida "pearl"!
Apesar de ser de família de políticos...quer o meu avô quer a minha mãe o foram e de adorar política, que considero uma arte suprema...Não!
Não estou, decididamente, a pensar candidatar-me a um qualquer cargo político nos próximos tempos.
Até porque, para isso, teria que colocar muitas condições que, aos olhos dos políticos portugueses, seriam difíceis de aceitar...Falo, acima de tudo, de decência, dignidade e transparência!
Mas, também, a um conjunto grande de deveres e de direitos, nomeadamente ao pleno direito à sua intimidade.
Como vê,,, seria impensável, assim pensando, ser candidato a um qualquer cargo politico.
A ultima vez que o fui foi mesmo a uma junta de freguesia aqui do Porto e perdi por 6 votos.
Bastou para se cumprir a hereditariedade.
Agora confesso que o bicho está aqui, que sei ver e que não me calo.
Daí as minhas diversas intervenções de cariz político em qualquer palco a que subo...Ainda hoje, mais à tarde, na conferência que vou fazer, tenho algumas preparadas!

Manuel Damas disse...

Oh Oliva...
Olhe à sua volta!
Falta cumprir-se tanto!!!!!
E não...nos outros países é muito diferente.
Já trabalhei em alguns e sei o que vi!
:)))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Oh Camilo...sinceramente não sei se tem prazo ou se vai tornar-se um interminável drama...até uma anexação! E aí sim...ressurgirá, das brumas, o desejo, a arte e a fé, de sermos portugueses.

Pé Vestido disse...

Boa tarde!
Finalmente consigo ver os seus post :-)

Dp voltarei p comentar :-)

bisturi disse...

Boa tarde...tudo bem?
Aproveitei o seu post anterior para colocar no meu modesto blog o seu desafio e comentei...
esta semana pretendo concentrar-me nos temas da educação e da mulher dado que se vai comemorar sábado o dia internacional da mulher , que é uma data incontornável, não necessária se problemas ancestrais estivessem resolvidos...

Patrícia disse...

chateado consigo professor
esqueceu-se de mim

Templo do Giraldo disse...

Grande poema do nosso fernando pessoa. Sim senhor bom gosto.

Quando ao que falta cumpri?Pois bem falta cumprir muita coisa, os jovens precisam de oportunidades e de melhores condições de vida.Isto cada vez tá pior, já não sei se vivemos num pais livre como o querem fazer crer.

parvinha disse...

"Tudo vale se a alma não é pequena"

Fernando Pessoa

Acabei de escrever isso num comentário estamos em sintonia...

Até quando vamos aguentar? Nâo sei... Sei que somos um povo que dá fortemente as mãos por um Euro em 2004 e pelo País, nada...
Enquanto não mudarmos mentalidades, nada feito!
Continuamos a ser um povo que não gosta de entrar na realidade, quando aperta, "noveleiro" e "futeboleiro", esquecer tristezas como dizem...
Haja paciência!

Beijinhos

joana disse...

Fernando Pessoa sempre actual,sem duvida alguma,Portugal,cada vez mais desactualizado.Falta voz,garra,força,energia e vontade ao povo portugues,acho que cada vez mais se deixam levar por tudo o que lhes é imposto,sem se incomodar com nada.
Tenho andado um pouco ausente,mas sempre que possa,passarei por cá para matar saudades.
Beijinho grande

Manuel Damas disse...

Um beijinho grande, Pe...

Manuel Damas disse...

O dia internacional da mulher...dia complicado. Ainda iremos falar também sobre isso aqui...

Manuel Damas disse...

Patrícia! Meu anjo!
Se imaginasse como vai a minha vida...até chorava com pena de mim!

Manuel Damas disse...

Sinceramente, "templo" acho que com o tempo nem sequer nos apercebemos que a janela de liberdade tem vindo a ficar mais estreita nos últimos tempos...

Manuel Damas disse...

Novela, futebol e fado! a trilogia maravilha...por vezes colorida com Fátima...
Uma delícia, "parv"!

Manuel Damas disse...

Apareça, Joana!
Tenho sentido a sua falta.
Um beijinho grande!

Waldorf disse...

Pois, pois, pois... a minha falta ninguém sente!!!

JÁ ESTOU HABITUADO!!!!

Manuel Damas disse...

Oh docas...se realmente queres que te diga, mas mesmo realmente, mesmo realmente...tenho sentido a tua falta!

Waldorf disse...

Bajulações!!!

Bahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

Manuel Damas disse...

Estava a brincar....