domingo, 9 de março de 2008

FESTIVAL DA CANÇÃO...


Acredito que aquilo que vou escrever de seguida possa ser considerado politicamente incorrecto.
Todavia, quem me lê far-me-à a justiça de considerar e aceitar que eu escrevo aquilo que penso, defendo e sinto e não o que outros gostariam, supostamente, de ler.
Mas também acredito que quem aqui me visita e a quem eu considero já com Amizade, o faça, precisamente por eu ser como sou...
E toda esta introdução vem a propósito do...
Festival da Canção.
"Festival da Canção?", interrogarão...
Outros continuarão a ler, ainda que na expectativa.
Outros ainda, pensarão...
"Desta vez passou-se mesmo.
Festival da Canção?...
Francamente!!!
Piroseira!"
Pois...
Lamento...
Mas eu...
Eu gosto do Festival da Canção.
Posso, inclusive, ir mais longe.
O dia do Festival da Canção era um dia de ritual em casa dos meus pais, inclusive com direito a mapas e grelhas para votações, feitos primeiro à máquina e, depois, em computador. Havia mesmo um momento sério de votação, renhida, em que participávamos todos.
"O Júri do Porto,Capital do Norte, reunido na Sede do Governo Civil ( outras vezes no "Jornal de Notícias") saúda todo o Portugal. Eis a votação...
E o mesmo ritual se cumpria com o Festival Eurovisão da Canção
"Chanson numero deux...dix points.."
Pela minha mente passam nomes, rostos, melodias e momentos que ficaram para a história do nosso País.
Simone de Oliveira que, com a sua "Desfolhada" atira para uma plateia atónita que "Quem faz um filho fá-lo por gosto!"
Fernando Tordo e a sua Tourada que, de forma impensável para a época utiliza, em palco, a palavra "cornos"...
José Cid..."Adios, Adieu, Auf Wierdhersen, Good Bye..."
Adelaide Ferreira e os seus espantosos vestidos...
As "Doce" primeiro com "Ali Bábá" e "mil e um noites que passamos juntos, mil e uma histórias que contámos juntos" e depois com "Bem Bom" e "Uma da manhã um toque, um brilho no olhar, duas da manhã dois dedos de magia".
Carlos Paião e o seu "Playback"..."em playback é que tu és bom, a cantar sem fugir do tom..."
O "Sobe sobe balão sobe, vai pedir aquela estrela que me deixe lá viver e sonhar"...
O Herman José e " O teu baton"...
A Alexandra...."Vinho do Porto, vinho de Portugal e vai à nossa, à nossa mesa..."
A Dulce Pontes.
A Dora e as suas botas de guerra tenebrosas a gritarem sobre uns collants verdes e uma saia de tule curta e negra...
Os Da Vinci e o seu "Conquistador"..."Já fui ao Brasil, Praia e Bissau, Angola e Moçambique..."
Dina e a sua "peguei, trinquei meti-te na cesta..."
A Anabela e a sua "quando cai a noite na cidade, há sempre um sonho e há magia..."
E tantos e tantos outros nomes e melodias e momentos que ajudaram a escrever a história da então chamada Música Ligeira portuguesa.
E o mesmo acontecia, depois, com o Festival Eurovisão da Canção...Era o mesmo ritual.
Mas aí a ansiedade aumentava assim como a expectativa...
E a coragem sempre lançada pelo Eládio Clímaco e pela Maria Elisa que iam dando ao País, em directo, notícias das intrigas de bastidores e do estado da bolsa de apostas anual...
Era todo um ritual...
Muitos anos depois e muitas canções trauteadas ainda hoje, para mim, o dia do Festival da Canção é sagrado e todos os meus amigos o sabem...hoje não sou "visitável"!
E lá estarei eu a ver, a ouvir, a analisar e a votar.
Mas eu...
Eu sou um Homem de Afectos.

26 comentários:

Waldorf disse...

Uma pessoa não pode ir ali ao lado espreitar as gaijas BOAS que chega aqui e já tens um post novo!!!!

Bahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

Waldorf disse...

Torada?!
Será que queres dizer: Tourada?

Não resiti a corrigir-te, nelito, ainda por cima hoje, que nem estás visitável!!!!

NOTA: Como sou um velho de Afectos, fica aqui escrito que EU não te visitei!!!!

Pé Vestido disse...

Boa noite!
Eu ainda sou do tempo (lol) que nos juntavamos aqui em casa ao jantar para ver o FDC, era uma alegria...Acho que a melhor canção dos tempos modernos (lol) foi a Paixão Lusitana da grande Dulce Pontes embora a minha preferida seja talvez a Desfolhada da maginifica Simone de Oliveira.Hoje em dia o festival é im espectaluco de efeitos e cenários...perdeu a graça toda.
:-)

Manuel Damas disse...

Eu sou assim...sempre preocupado com quem me visita...gosto de receber bem...
Mas vis ter a oportunidade de o sentir e constatar...daqui há algum tempo...

Manuel Damas disse...

Já corrigi!!!
E acrescentei outras letras...
Estava a jantar e lembrei-me!

Manuel Damas disse...

Bem...Já não sou o único.Um beijinho enorme,do tamanho da minha solidariedade.
:))))))))))))))))))))

Xanda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Xanda disse...

Identifico-me totalmente c/ este texto.
Sempre gostei do Festival da Canção, confesso que houve uns aninhos que andei desligada, mas acho que este ano apostaram forte, principalmente nos intérpretes.
Eiiii, "vamos lá professor, ai hora, já começou"!!!
Bjnhs

Manuel Damas disse...

Estou a ver, Xanda..
:))))))))))))))

Statler disse...

Aléluia, day by day
Aléluia............
Aléluia......................

Bom, tenho as minhas recordações, pois tenho!!!

Velho, confessa-te, até participaste, conta, vá conta!!!
E... podes anunciar que a letra era minha, eu não me importo.

Manuel Damas disse...

Eu só apresentei temas nacionais.
Mas o Aleluiah foi um tema de Israel que marcou a realidade e a história eurovisivas...

Statler disse...

Estais aí, mentiroso, a dizer que estavas por ali!!!

Oh fucking fucking fucking

Statler disse...

Sendo assim, toma lá em primeira mão a canção de nuestros hermanos.

Isto sim é um hino à Eurovisão!!!

Coragem disse...

Professor, lembro com saudade, (sim porque eu já sou uma cota)
da maior parte das letras aqui apresentadas, tanto é que:

"Sobe sobe balão sobe, vai pedir aquela gente"???? aquela "estrela"

e aindaaaaaaaaa...

"peguei, trinquei meti-te na bolsa..."????? meti-te na "cesta"


Ó professorzinho, não me leve a mal, mas não resisti :))))))

Beijinho

Manuel Damas disse...

Statler, meu caro, estou aqui, estou ali, estou acolá...estou sempre...em todo o lado.
A canção espanhola é tenebrosa!!!!!

Manuel Damas disse...

Oh "coragem"...Obrigado, já corrigi!
:)))))))))))))))))))))))))))))))

Statler disse...

Estás em todo o lado.
Agora fizeste-me lembrar alguém!!!!!

Manuel Damas disse...

Quem???

Statler disse...

Não chegaste a conhecer, ainda nem eras projecto!!! :P

Manuel Damas disse...

Estamos velhos, meu caro...

macaw disse...

heheeh
(e lá vou ter eu que repetir o que outros já disseram)
Eu também gostava muito de ver o festival da canção. Também sou desse tempo em que nos juntávamos todos em casa a ver o dito e a criticar tudo e todos. LOL

Gostei da sua introdução ao post. Devo dizer que é algo que lhe admiro muito, o facto de dizer o que pensa e sobretudo de também respeitar as opiniões dos outros, respondendo-lhes com calma, sem provoções ou ofensas. É uma atitude de uma pessoa madura. E agora de cada vez que tenho uma opinião diferente da sua, faço um esforço por não dizer "peço desculpa", "sem ofensa" e outras, porque lembro-me sempre de que me disse já "não esteja sempre a pedir desculpas por dar a sua opinião". acho que dessa vez o "chateei" (hehehe) no bom sentido. LOL e, mais uma vez, vai ter de me desculpar o testamento. opsss I did it again :P

bjiiinhos ;)))

Manuel Damas disse...

Oh "maczinha"...é-lhe quase impossível Mas juntos havemos de conseguir.
UM BEIJINHO GRANDE...

Blue Velvet disse...

Valha-me Nossa Senhora dos Aflitos!
Mas não faço mais nada que andar a correr para este blog?
Ó senhor, acalme-se:anda a ver se posta mais que eu?:)))))))))))))
Serious mode: maravilha de post. Fez-me voltar tantos anos atrás.
Era uma noite e pêras, tanto a do festival cá como a de lá.Cá ainda fui a algumas, de vestido de noite e tudo.
Curiosamente, fui eu a capa da Gente ( agora Nova Gente) com o Paulo de Carvalho e os músicos, nesse Festival.
Comecei a ser colunável de pequenina:)))))))))))))
Ainda a guardo.
Se se portar bem, um dia mostro-lhe rsrsrsrsr
Beijinhos, veludinhos e cetins

Manuel Damas disse...

A "Nova Gente" deve ser a revista portuguesa que leio há mais tempo...
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

macaw disse...

BJIIIIIIIIIIIIIIINHOS ;)))

Manuel Damas disse...

Beijitos, passareca...
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))