sexta-feira, 14 de março de 2008

PORTUGAL FASHION 2008


Fui ontem à inauguração do Portugal Fashion 2008.
Há já muito que tinha intenção de o fazer mas ainda não se tinha proporcionado a ocasião associada à vontade.
Este ano, os dois factores juntaram-se e acabei por ir.
E achei piada ao que vi...e como vi.
Nesta primeira noite desfilaram as criações de Sofia Almeida, um desfile da Indústria ( Celtic Jeans, Concreto, ID Values, Orfama e Paula Borges ) e, por último o desfile de Louis da Gama.
Achei interessantes os rituais.
As pessoas aguardavam com alguma ânsia e nervosismo para entrar.
O horário que não foi cumprido tendo existido atrasos inexplicáveis. Era já altura de que em Portugal se percebesse que "l'esprit de vedette" não obriga a desleixo, nomeada e especialmente em termos de horários.
É o público que faz os estilistas, as modas, os modelos e, como tal, deve ser respeitado.
E esse mesmo respeito passa, também, pelo cumprimento escrupuloso dos horários!
Um batalhão de seguranças...sinceramente não percebi porquê...
Receio de algum atentado da Alqaeda?
Em Vila Nova de Gaia? Por favor...
Um outro, bem maior, batalhão de jornalistas, a dar o ar cosmopolita ao cenário...
Uma horda de flashes...os ruídos, os cheiros, as posturas, os olhares...muito nova iorquino, ainda que sem o mesmo "glamour"...
Depois, a assistência...
Entidades, algumas, em pose, com ar compenetrado e responsável.
Depois um aglomerado de, teoricamente, "beautiful people"...mas muito teoricamente! Nomes e caras das revistas cor de rosa, nem um...
A crise a fazer das suas...
Uma agradável e inesperada maioria de homens entre a assistência...Esperava uma maioria feminina, sem nenhum cariz depreciativo, obviamente.
Depois, as colunistas das revistas" pink", muito compenetradas do seu papel, até porque tiveram direito à primeira fila...
Ainda que eu não me possa queixar...
Mas achei caricato o ar supostamente "blasé"...Algum enfado postiço. Gente a pôr-se em bicos de pés, sem razão ou motivo para tal.
A tenda, espaçosa, muito na linha das "Cibeles"...
A decoração sóbria mas interessante, muito minimalista, em tons de preto. Não percebo, contudo a necessidade de colocar a "passerelle" demasiado abaixo da linha de visão do público, obrigando a um esforço desnecessário para poder apreciar o calçado.
O som ambiente de tenebrosa qualidade, cheio de ruídos parasitas. Inesquecível pela péssima qualidade.
As colecções arrojadas e interessantes ainda que não tenha gostado da apresentada por Louis da Gama que, apostando nas rendas e bordados franceses "fin de siècle" exagerou na procura do espírito "vintage"!
Interessante a da Paula Borges, patrocinadora do "Sexualidades, Afectos e Máscaras", a exibir trajes já usados pela Maria José Guedes. Uma simpatia...
Por último, uma referência aos modelos.
Os masculinos a passarem com sobriedade, uma postura algo distante, muito em voga. Gente bonita.
As femininas, uma grande parte delas, com um andar tenebroso, a fazer lembrar avestruzes.
Impensável!
Dir-me-ão..."quem te manda a ti sapateiro tocar rabecão?"
Respondo que nunca fui modelo, ainda que tenha estado algum tempo intimamente ligado ao Mundo da Moda por questões afectivas.
De qualquer modo, tenho sentido crítico e costumo assistir a algumas passagens estrangeiras e nunca vi semelhante andar.
Um atirar de pernas desengonçado para a frente e um quase esquecer do tronco atrás...Fiquei muito tempo à espera de as ver abrir as asas, levantar voo e grasnar!!!
Alguém que diga aquelas meninas que é feio, fica demasiado desengonçado e caricato...
Hoje nova série, a que só poderei assistir parcialmente, uma vez que tenho um programa de televisão para fazer, em directo.
Mas, amanhã há mais...
E com as passagens, novos "posts", que isto também são Máscaras!

27 comentários:

kimikkal disse...

Lembrei-me de "The Beatiful people" dos M. Manson.

Já presenciei alguns eventos do género e sinceramente serviu apenas como estudo sociológico, pois "all that glitter" é muito bonito mas à distância, longe da frieza e futilidade das personagens principais.

FM disse...

Que bem, que bem... Ohh Professor, não dá para roubar lá uns croquetes e uns rissóis para o meu lanche de amanhã? (risos)
É que eles e elas são tão magras que aquilo estraga-se... (risos)

@nn@ disse...

so boa noite e dizer que os que estao linkados no meu casoto teem premio !

Olá!! disse...

Vamos é ver o SAM que a moda passa depressa... ;)))
Beijinhos

FM disse...

Se passa Olá, se passa... Esperemos é que o Professor não tenha tropeçado e aterrado de nariz na "passerelle"... (risos)

macaw disse...

Bom programa e bom fim de semana! ;))))

bjiiiiinho grande!

lumiere disse...

gostava de o ter visto desfilar a serio que gostava!
mas fica pra proxima
va la faça o pugaminha Fatinha de beijocas a grande MIze

lumiere disse...

tou a acabar de ver o programa posso deixar uma sugestão?
que tal um desafio sobre exprimirmo-nos sobre o dizer amot

ja postei no www.9sentido.blogspot.com

Olá!! disse...

Eu tentei, mas hoje boicotaram as chamadas ;)))))
"Amei" o programa, estarei a banalizar????
:))))
Beijos

anad disse...

Tudo é máscara. Tudo é uma construção. A modernidade tornou-nos faces de uma só moeda. Gostei muito do seu blogue. Vou voltar mais vezes.
Anad

lumiere disse...

Manelito coisinha fofa com a espera pela resposta durou ate esta hora vou nanar que o sono ja pesa!
beijinhos fofos

e a MIZE é uma grande senhora e a camisola dela era muito gira!
deve-lhe um pedido de desculpas! e ja agora nao mande mais piadas sobre loiras! deixa-me piurso
pois as mulheres loiras, ALGUMAS E SO ALGUMAS SAO GIRAS E INTELIGENTES

@nn@ disse...

no comments

Casemiro dos Plásticos disse...

Foi mais um bom programa, parabéns.
Portugal Fashion gostava de ir ver, talvez para o ano com mais vagar.
abraço e bom fds.

Manuel Damas disse...

Tambem por isso vale a pena assistir,,, "kimikkal"...Um abraço

Manuel Damas disse...

Não hove tempo para ir aos rissois, Francisco. Talvez hoje...

Manuel Damas disse...

Oh @nn@, antecipadamente obrigado.
Passarei por lá mais logo.
Um beijinho

Manuel Damas disse...

Eu espero que a moda do SAM não seja para passar, "ola"!
:))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Francisco...algumas vezes tropeço, mas muito poucas aterro de nariz. De qualquer modo, das vezes que aterrei, levantei-me, sacudi a poeira e continuei a andar até porque a vida é um "Festival"!
;))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Obrigado "mac" e um fantástico fim de semana para si também.

Manuel Damas disse...

Oh "lumiere"?!
Você está parvo, homem?
Acha que eu fui desfilar?
Oh lumiere...essa é uma sugestão não aceite.
São temas muito próximos.
:P

Manuel Damas disse...

Oh "ola", no programa de ontem houve uma torrente de chamadas e de mensagens.
Também por isso decidimos fazer uma segunda dose...Pelo muito que ainda falta dizer e também para criar oportunidade para as pessoas darem a sua opinião.

Olá!! disse...

Ainda bem que assim foi Professor, o tema "puxava" para um tornado de chamadas...
Beijinhos

Manuel Damas disse...

E houve muita gente "conhecida" a querer falar!
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))
Um beijinho grande

mik@ disse...

ao menos a comidinha era boa? hã...

lol

Manuel Damas disse...

Não cheguei a provar...não tive tempo!
:)

Mize disse...

O PF tem vindo a perder qualidade ao longo dos anos. O que me deixa triste. Primeiro porque gosto muito de moda. Segundo porque respeito a moda, a criação, a excentricidade, a ousadia e até alguma arrogância dos génios criadores. Em terceiro porque o público, nós, os consumidores merecemos respeito.
Não nos podem atirar com meia dúzia de trapos de quinta categoria, e esperar uma chuva de aplausos. Não é ao abrigo da liberdade de criação que o pior do que o mau é permitido.
Por favor haja decência. Fiz esforço para estar presente no certame. E sento que tirando o esforço de quatro criadores, senti-me vigarizada.
Dois exemplos:
Já usei roupa que foi apresentada pela «primeira vez» , supunha-se...
Depois pseudo-modelos pisarem a passeelle calçadas com sandálias das lojas dos chineses...bem, certo que estamos a ser invadios por eles, mas então que se assuma que já fazem parte do nosso festival fashion.

Podia apresentar mais um sem número de situações absurdas de de verdadeira falta de respeito, mas seria vista como...no minimo, exigente demais.

Manuel Damas disse...

Um beijinho de solidariedade Zeuzinha...
E eu também vi a blusinha vermelha...
Vi sim!!!
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))