domingo, 23 de setembro de 2007

Marcel Marceau


Assim morre Mestre Mimo...
O rei entre os maiores...
O Mimo por excelência...
O rei da máscara...o soberano dos afectos sem palavras.
Não poderia aqui deixar passar este momento sem esta "momice" em forma de lágrima, pelo eterno retorno...

4 comentários:

joana disse...

Professor,desejo-lhe uma boa semana de trabalho,ja que a minha vai ser de muito descanso,vão saber muito bem estas pequenas ferias...beijinho grande

Manuel Damas disse...

Obrigado Joana e bem preciso porque esta semana vai ser carregada de trabalho!!!

Mize disse...

Marcel um dos Grandes que nos deixa. Porque a sua linguagem não tinha erros e era cheia de metafísica.

Manuel Damas disse...

Marcel Marceau era o Mimo que era um mimo...Uma verdadeira obra de arte humana.Assistir a um espectáculo seu era uma iguaria das mais exóticas.