quarta-feira, 26 de setembro de 2007

SEXUALIDADES, AFECTOS E MASCARAS


Acho que, uma vez mais, consegui cumprir o que me tinha proposto...
Fazer pedagogia e penso que com êxito!
Mas há muito, há tanto para fazer...
Gera revolta que, invariavelmente, muitas perguntas se repitam de local para local, denotando a falha e a falta imensas que a ausência da Educação Sexual gera!
Enquanto os responsáveis, borboleteiam calma e tranquilamente em volta dos seus umbigos e lançam, de quando em vez, de forma impune, uma preocupação nacional...
Qual será a próxima preocupação nacional uma vez que a do aeroporto da OTA parece estar em banho-maria? TGV?

4 comentários:

Mike Matronik disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mike Matronik disse...

A educação não deixa obra feita. As estradas, os comboios super sónicos e as pontes de tamanho babilónico...sim!

Todo o político quer ser reconhecido pelo que fez no plano físico.

Manuel Damas disse...

Pois...e de plano físico percebemos nós, não é mesmo Mike???
Volte sempre!
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Hugo disse...

Não sei porque axam tao estranho falar da sexualidade na 3ª idade... eu pessoalmente axu que é na 3ª idade que a sexualidade se vive em pleno... ora pensemos:"estão reformados logo não existe obrigações, não existe horarios, não existemm filhos em casa.... e não irá ser uma simples osteoporose, nem problemas de reumatismo que proibirá a realização de algumas fantasias", e caros amigos enquanto houver lingua e dedo não há c... que meta medo!!lololo é a fase onde se aplica mais esta expressão!!lolo