sábado, 26 de janeiro de 2008

PORTUGAL


Um desafio diferente!
Não!
Não tem que nomear ninguém!
Nem escolher cinco candidatos, nem sete, nem dez, nem mil!
Nem sequer dizer as 5 ou 7 ou 20 coisas que mais gosta.
E muito menos a frase X do livro Y na página Z...
Muito mais simples.
É apenas para quem cá entra.
E só se tiver vontade.
Escreva o que lhe apetecer sobre isto...

O que é?
Como é?
Onde está?
Como está?
Para onde vai?
Ideias e soluções...

Colabore.
É capaz de resultar uma coisa engraçada...se o número máximo de pessoas escrever.
Contribua...apenas pelo prazer de palavrar.
Será uma tertúlia, ainda que algo diferente.
A intenção será colocar aqui um texto, que será repetido no "blog" de cada um. Deste modo criamos um momento de reflexão em rede...
Tem todas as possibilidades de resultar algo diferente.
O que está à espera?

61 comentários:

parvinha disse...

Aceito o desafio e obrigado, brevemente começo a teclar.
Beijinhos Professor

Miudaaa disse...

O que eu gosto de desafios.
Desafiar, Raptar... e outras palavras acabadas em Ar, como por exemplo Pensar.
Já Volto. Vou Pensar!!! :-)

Dança de lágrimas ... disse...

assim será... este Portugal de hoje merece quantas palavras já antes haviam sido ditas, recantos vãos como a memória de um passado que não retive e ainda ofusca, é por isso que pensarei, num lugar só meu numa forma só minha de responder ao seu desafio...

mik@ disse...

ihi que giro :P

vou colocar assim que tiver um tempinho.

continuação de bom fim de semana.
beijinhos

Patrícia disse...

Ora bem, Portugal é tão só uma nação independente desde a primeira metade do século XII, sendo também um dos países mais antigos do Mundo, situa-se na parte mais ocidente da europa.
Está, sem dúvida, no sítio, se não formas demasiado rigorosos e não realçarmos a movimentação ténue e anual das placas tectónicas (acho que é isto que se aprende em geologia). No entanto, apesar de estar, não está lá muito bem. Anda um bocado doente, e eu apenas espero que seja uma doença aguda, pois se surgir cronicidade então meus amigos, é melhor fugirmos!
Verdadeiramente escandalizada com diversas questões desde a política, a saúde, a corrupção... enfim, o nosso país pode ser pequenino, pacato e até amável, mas não está livre de grandes pecados e consternações.
É triste verificar diariamente as medidas totalmente descabidas de ministros sabe-se lá do quê, realcemos neste momentos as diligências do "meritíssimo" ministro da saúde que fecha urgências, coloca o INEM a funcionar como retaguarda e esquece-se que este não é detentor de meios suficientes para dar cobertura a todas as localidades que se encontram agora cada vez mais desertificadas e longe dos hospitais centrais onde se deverão agora dirigir. Assim, surgem questões como a última que tem sido noticiada diariamente em que corporações de bombeiros não possuem pessoas capazes e competentes para socorrer primeiramente vítimas, delegando facilmente todas as responsabilidades para o INEM que se encontrava a grande distância do local. A mim, não me venham mais pedir apoios para oferecer ambulâncias às corporações de bombeiros, se não têm pessoas capazes, para que precisam do material? para ficar parado? ou só servem para tocar sirenes em caso de incêndio?
por outro lado temos a corrupção, a falta de justiça, "Fátimas" que burlam e fogem do país mas que no seu regresso voltam ao poleiro da grandiosidade, livres, impunes e, sobretudo, com o sorriso sarcástico de quem afirma: " sois uma cambada de estúpidos de quem eu faço aquilo que quero e bem me apetece"!
Agora também somos alvos de ameaças terroristas...
Agora temos uma ministra da educação que procura tudo menos dar uma boa educação.
Temos também uma Presidente da Ordem dos Enfermeiros que perdeu o rumo e não sabe a quantas anda...hum que tal um GPS?
Vale-nos o Cavaquinho... pelo menos com ele ainda vamos indo...
Para onde vai este país? Não sei, o amanhã ninguém sabe e milagres também acontecem não fosse este o país do milagre de Fátima e dos pastorinhos, agora transformado em peregrinação comercial. Mas parece-me, a mim que nada sei, que se a continuarmos assim não vamos longe não, e que se o ministro da saúde não se cuida, um dia destes alguém lhe irá tratar da saúde. Não era giro? Eu gostava de ver...
Ideias? Cresçam e apareçam, sejam humildes, TRABALHEM em vez de EMPREGAREM... não reclamem por tudo e por nada e não digam que não têm dinheiro e depois vão fazer viagens para as Caraíbas e compras carros de luxo...se calhar era um bom começo

Maresi@ disse...

...pois encontrei este blog por...casualidade...

Gostei filosofia e das palavras escritas nele... Perguntas simples.... e directas... diferente ...sem duvida...

Deixo convite...

Beijo suave_________Maresia

Casemiro dos Plásticos disse...

parabéns pelo programa, continuação do bom trabalho desenvolvido.
abraço

Manuel Damas disse...

Fico à espera "parv"...Um beijinho grande.

Manuel Damas disse...

Miuda.
Obrigado pela visita que já retribui!
Fico à espera da sua resposta ao desafio de...palavrar...
Beijitos!

Manuel Damas disse...

"Dança", gostaria de a ler...
Fico à espera...
Um beijinho e um olhar...para dentro.

Manuel Damas disse...

"Micas"!!!
Oh "micas"!!!!
Não se escape!!!
:)))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Esta sim...
Esta é a Patrícia que eu conheço!
Um beijinho grande e obrigado pelo contributo!

Manuel Damas disse...

Seja bem vinda, maresia...
Espero que tenha gostado.
E que colabore no meu desafio.
Volte sempre.
Um beijo

Manuel Damas disse...

Obrigado Casemiro.
Volte sempre.
Fico à espera da sua resposta ao meu desafio...
:))))))))))))))))))))))))))))

parvinha disse...

Já está professor, vendi um pouco o meu peixe, mas penso que está claro o que penso do nosso País!
Mais não disse para não ferir algumas pessoas que andam por aqui, na blogosfera, assim dei o meu exemplo e respondi as perguntas todas, todas!
beijinhos

parvinha disse...

Muito bem Patricia!É assim mesmo!

Patrícia disse...

obrigada obrigada:-)

Statler disse...

O desafio seria aqui, não?
Pois a mim foi o que me quis parecer!!!

Nos blogs sempre ee leu por cima do ombro e com o sentido onde bem apetece a quem lê, enfim, merdas da net!!!!!

Statler disse...

Patrica, bem haja de um velho lindo e simpático para uma "gaija" deveras inteligente!!!


"Portugal, Portugal, Portugal, Portugal é tão bonito ai é..."

parvinha disse...

Pois statler eu escrevi no meu, não ia trazer para aqui as minhas ironias e modo de escrever habituais, não caia bem.
Seja aonde for parabéns a todos que aceitaram o desafio, pois falar é fácil, fazer é mais complicado.
beijinhos parvos

Statler disse...

Oh Parvex, será complicado para quem quer fazer e não consegue, para quem não quer é indiferente!

Lembrei-me.
Tem pessoas que gostam de ser empurradas!!!!!

Olá!! disse...

Eu ando atrasada... estive a inventar...
Professor, o desafio é para escrever aqui ou no nosso "tasco"???
Beijocas boas

macaw disse...

ainda vou a tempo de aceitar este desafio ou já vou tarde?! :)

era uma pergunta retórica... eu vou aceitar o desafio :D depois passe pelo meu planeta quando puder!

Manuel Damas disse...

Minhas amigas e amigos...O desafio é para escrever aqui, logicamente, para depois se poder discutir...
Assim pedia a quem já escreveu no seu próprio espaço o favor de fazer um copy/paste...
Não é difícil!!!
:)))))))))))))

Manuel Damas disse...

Minha querida "parv"...faça o favor de ir jázinho buscar o seu texto!!!
Jázinho...

Manuel Damas disse...

Sta..meu caro...espero ter o prazer de contar com a sua contribuição aqui no meu castelhinho...

Manuel Damas disse...

"olázinha"...o seu texto faça o favor...

Manuel Damas disse...

Mac...a "época tertuliana" vai ficar aberta vários dias...

Teardrops disse...

Eu devia estar a estudar.... mas não resisto a um desafio, ainda que não ande nos meus melhores dias... mas cá vai:
Portugal é o meu país, não o trocava por nenhum outro. Está bem, está mal? Cuidadinho... somos nós que o fazemos... e se não fazemos nada para o melhorar, é porque estamos a dormir, ou apenas a criticar... será?
É lindíssimo! De norte a sul as paisagens desenrolam-se aos nossos olhos, maravilhando-nos. Tem serra, planície, vales, planaltos, praia, campo, mar e rio... ai Deus! não é fácil encontrar um cantinho pequenino e com tanta variedade!
Onde? Aqui sob os meus pés e os vossos... mas nos nossos corações tb.
Está a sofrer todas as dores de quem teve de mudar tudo em 30 anos, de quem passou do fascismo, ao marxismo, ao neo-liberalismo em menos de metade do tempo que os outros países levaram a fazer o percurso... está dividido entre cumprir metas europeias e conseguir manter alguma estabilidade interna, entre minimizar os custos de um Estado proteccionista, que quer caminhar liberal... está como um adolescente, que ainda não consegue ser um adulto, mas já não quer ser criança... sei lá!
O melhor é começarmos a pensar seriamente para onde queremos nós que ele vá, e a intervir no seu destino!
Ai! Para ideias e soluções é que a coisa está pior... conseguisse eu gerir tudo o que me enche agora a cabeça e já não era mau... pois, eu sei, estou a demitir-me da minha responsabilidade, mas agora estou mesmo sem ideias...

Tenho de ir estudar!!!! O prazo para entrega dos trabalhos semestrais está a chegar ao fim e os trabalhos não...!!!!!!!!!

Um abraço

Manuel Damas disse...

Minha querida "tears"...por mais que o tempo aperte, como viu, houve uns minutos para responder ao desafio e agora sim, poder ir estudar descansada!
Agora até o trabalho rende melhor!
Obrigado pelas suas palavras. Na realidade Portugal aparenta estar desorientado, mas acho mais preocupante que para além de desorientado, agora pareça querer aparentar indiferença...apatia.
E essa postura parece-me bem mais preocupante, muito mesmo.
Obrigado pelo seu contributo.
Brevemente deixarei aqui um outro desafio...
Bom estudo!

parvinha disse...

Obrigado, obrigado, aconselho a verem o cartoon diário do saboonices,(têm que ser o de hoje) está na minha página o link, penso que fui clara.
beijinhos

Manuel Damas disse...

Já lá fui.
Parabéns!
Agora fala "copiar" o texto para aqui!

parvinha disse...

Desafio Portugal
O que é?
Como é?
Onde está?
Como está?
Para onde vai?
Ideias e soluções...
Começo pela minha cidade, nem mais e respondo a tudo isto.
Sou a «Je», trabalho numa Instituição de solidariedade e estou revoltada com a minha cidade e que se passa neste País, não tenho vontade de escrever muito, pois aborrece-me tanta coisa, então de forma breve, vou resumir o que penso, temos agora como presidente da CML, o Toninho, muito bem ele antes de ser eleito disse que ia ajudar os mais carenciados, muito bem, que fez ele?, um Gabinete de apoio ao emigrante, acho muito bem, é um tema que para quem está por dentro delicado, compreendo, e os Portugueses, como é?
Então agarrava no Toninho, punha-lhe uns jeans, kispo laranja todo fashion, cachecol, gorro, óculos escuros, enchia-o de Jean Paul Gualtier( ficava irreconhecível) e convidava-o para um passeio.
Logo pela manhã, pequeno almoço na brasileira, mas cá fora para ele ter a visão dos sem abrigo que aproveitam os lavabos daquela pastelaria, para lavar a cabeça.
Adiante, agora vamos subir a rua, dar um pulito á SCML, ver a malta que precisa de ajuda, mas olhe Toninho, é melhor ficarmos aqui mais um bocadito, que aquilo abre as nove, mas as assistentes sociais só aparecem as 11h/11.30 depois ás 12.30 vão almoçar e dizem á malta para passar as 14h ou no dia seguinte, mas vamos lá devagarinho.
Está a ver aquela velhota com as contas de água e luz para pagar e as receitas na mão para aviar, vai ter que andar cá a semana inteira coitada, olhe e aquele cigano que vem com a família em peso, dá 2 murros na secretária da Dra e leva logo os rendimentos e subsídios todos,e vem cheio de ouros, a velhotita ja penhorou a aliança, isto só la vai com umas palavras ríspidas.
Vá não fique assim, cheira mal não é, pois esta gente cheira assim, muitos ainda usam casas de banho publicas mas só quando tem uma moeda a mais, vamos lá almoçar ao Papa Acorda e dar uma voltinha nas galerias Chiado para desenjoar.
Agora Rossio, vamos lá Toninho, força nas canetas, veja a quantidade de malta a pedir, com deficiências, cegos, falta de algum membro, o famoso homem da cara inchada e roxa, aos anos são sempre os mesmos que lá estão, são Portugueses, bolas!
Pastelaria suíça um cafezito, resmas de miúdas a ver as montras e ficam horas ali a ver, coitadas,os comerciantes fazem queixa, mas nada, elas não arredam pé e são estrangeiras, Toninho, emigrantes, o gabinete também serve para elas? Toninho, Toninho!Malandreco!
Metro, bora, linha azul, vê como é bom encostarem-se a nós e eu gosto tanto, temos no horário de expediente estes dois ceguinhos a pedir, é só apanhar esta linha, estão sempre cá e ainda levamos umas bengaladas.
Linha verde, os toxicodependentes todos que vão para o Intendente, vamos lá ver, pois, pois cheira a mijo, não é?Está tudo a «fumar» e a «picar» na rua, o novo casal ventoso e as crianças que passam e moram ali, já viu? vá não fique assim, vamos a Viúva Lamego comprar um «souvenir».
Volte amanhã, Toninho, temos mais voltas para dar, o País está miserável, a começar pela Capital, as prioridades, nem me atrevo a comentar e a malta começa a ficar saturada de Toninhos e só tem vontade de os enfiar num contentor, mas para bem longe, ida sem volta.
Para terminar para onde vou?não sei, mas andamos todos a apertar o cinto, para pagar, pagar, falei na pobreza extrema, mas a sociedade está deprimida com este país, pobreza ou falta de qualidade de vida, gera corrupção, violência, crime a todos os níveis, é o que vejo a crescer desde o ano 2000 e não para, basta estar atento aos noticiários, e vejo todos a safarem-se assim, não sei onde este pais vai parar.
Gosto muito de Portugal, conheço outros países e adoro este sitio, mas começo a ter VERGONHA!

Respondi as perguntinhas, lamento não falar mais de Portugal no geral, mas qualquer turista nota do estado do Pais, com trabalho nesta área fiz questão de falar assim, desculpem alguma coisinha, mas pelo menos contribuo de alguma forma já não é mau.
beijinhos

Manuel Damas disse...

Quando coloquei este tema para tertuliarmos sobre Portugal, a intenção era essa mesma...Reflectirmos, em rede, sobre o estado do País...nas suas mais diversas vertentes. A "parv" aborda a questão numa determinada vertente, bem preocupante, a do Portugal Social...o descalabro total em que se encontra a dita solidariedade social em Portugal , que não a há e a existente está mal direccionada, mal preparada, mal estruturada, mal aplicada.
Obrigado "parv" e, uma vez mais...

PORTUGAL JÁ!!!

Cristina disse...

O que é? Oficialmente República Portuguesa

Como é? O sonho dos outros

Onde está? Na Europa a sudoeste e fica na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte.

Como está? Se acha que Portugal está em crise e estamos a ficar desesperados, respire fundo e aguente com a bomba porque a situação por cá ainda vai piorar.

Para onde vai? Uma vez que o território é delimitado a Norte e a Leste por Espanha, será que é para lá que vai?
Também pode optar pelos Açores ou Madeira mas desconfio que nos arquipélagos não há lugar para tanta gente e muito menos para a ASAE.

Ideias e soluções...
A ideia do Governo é que o país crescerá economicamente mais do que o ano passado e esta será a única economia da zona euro a consegui-lo. Aliás, Sócrates garante que ficaremos à frente dos Estados Unidos, Alemanha e Itália.

A solução passa por dizer a Sócrates que não estamos nos séculos XV e XVI em que Portugal foi uma potência mundial económica, social e cultural.

A solução também poderá passar por gritar ao mundo inteiro a sorte que temos em ter Sócrates e o PS no Governo e para o patriotismo ser completo vamos dizer às famílias que não podem pagar os empréstimos ao banco, aos cerca de 500 mil desempregados, aos que ficaram sem urgências na sua cidade, aos que perderam as maternidades na terra, vamos dizer-lhes que devem acreditar que o Governo está a agir de boa-fé.Talvez assim alguns de nós fiquemos com mais coragem para os tempos difíceis que se avizinham.
E já quase sem fôlego, digo-vos que se a mentira for contada muitas vezes até passa a ser verdade.

Manuel Damas disse...

Cristina, meu anjo.
Obrigado pelo seu contributo.
Continuo a achar que, cada vez mais, Portugal é um sonho por cumprir e receio que as possibilidades do sucesso ser atingido continuem a diminuir de forma dramática.
Viver, aliás, sobreviver em Portugal, está a tornar-se, cada vez, mais complicado!
Um resto de bom domingo.

Olá!! disse...

O nosso lindo país, à beira mar plantado, em riscos de ruína perante a apatia quase global de quem o habita…
Não adianta dizer mal do governo, das medidas tomadas e das que, acima de tudo, se deixam de tomar…continuamos pacificamente a assistir a sucessivas reviravoltas de governos que se culpabilizam entre si e a cada passo pioram a situação…
Economia, Saúde, Educação, Protecção Civil… tudo em decadência.
Classes sociais ao ritmo brasileiro.

Vivemos num país em que grande parte da população ainda não aprendeu que não se deve cuspir para o chão e, muito menos, para o ar… a ideia de enganar o próximo está cada vez mais latente, será espírito de sobrevivência???

Vivemos num país no limite da pobreza, sem oportunidades, um país na cauda da CEE e do qual os cidadãos já sentem vergonha, sendo que, os que deveriam sentir vergonha de olhar para o espelho não a têm…


O cansaço e a desesperança atacam a todos, sem excepção e há os que sucumbem e se rendem à vida, abandonando a luta e aceitando a derrota. Eu não gostaria de sentir vergonha de olhar para o espelho, no entanto, sinto-me impotente face ao meu Portugal de hoje.

Soluções? talvez uma ponte que nos ligue ainda mais a África ou sermos anexados por Espanha, quiçá….

Beijinhos a todos

Manuel Damas disse...

Obrigado, "olá" pelo seu contributo. Na realidade continuamos a assobiar para o lado e a olhar para o ar enquanto o Portugal de hoje que, por mais incrível que possa parecer, já foi o Portugal de ontem...o das glórias e dos Descobrimentos...Esse mesmo, agora moderno, se afunda, sem honra nem glória.
Um beijinho grande

@nn@ disse...

desculpem la mas vou ser mais breve :

Desafio Portugal

O que é?
Portugal é sol e vento
e como "vento é meio sustento" ...

Como é?
é comprido, magrito, e sempre mal disposto.

Onde está?
La na pontinha, um pé na agua, outro no rio, num equilíbrio instável, tentando não afundar.

Como está?
Constipadito, friorento, saude delicada, desesperado, sem pachorra nem ilusões.

Para onde vai?
Isso acho que nem ele sabe, mas cá pa mim, não vai, já foi ...

Ideias e soluções...
Difícil, sobretudo assim visto de longe, talvez mais cabecinha, menos amargura, mais trabalho, menos crença no "pai natal europeu" ...

Manuel Damas disse...

Anna...concordo com quase tudo o que disse, mas não consigo concordar com essa sua afirmação de que é necessário mais trabalho!
Eu...cá por mim, é-me completa e totalmente impossível trabalhar mais e eu não sou único!
Um beijinho e obrigado pela sua colaboração.

@nn@ disse...

Manuel

acredito que trabalhe e que não seja o único
mas penso
que não devem ser muitos ;)
e isso não é so um mal português ! aqui não é diferente,
esta tudo à espera que caia algo no sapatinho de natal,
de mão estendida para a Europa,
so que a "EUROPA" somos todos nos.
de modo que é um pouco pescadinha de rabo na boca né ?

um abraço

anna

Mize disse...

Professor, depois do que já aqui tanto se disse sobre Portugal, apetece-me citar um velhote lisboeta, que vive no Parque Mayer há mais de 60 anos, e que resume assim:

"Se fores a Portugal, mete-o no cu".


É sinceramente o que penso neste momento!

Amanhã posso pensar diferente. Ontem pensei diferente. Mas hoje penso assim.

@nn@ disse...

Pronto tou feita já não posso voltar a portugal !
E eu que até gostava do parque mayer !
o que foi feito dele, nada ?

Manuel Damas disse...

Oh @nn@...eu não quero ser tão derrotista...
Não consigo ser!
Não posso ser!
Não quero ser!
Um beijinho e volte sempre. Gostei de a ler.

Manuel Damas disse...

Prontes...
Prontes...
Tá tude estragade...
Tá tude estragade...
Oh Zeuzinha da Anunciação...
Inton a menine, in bez de bir pra qui cum grande dum discurso, cum grande palabreadu a ber se agora sim baixava sobre a minina o ar da sinhora dóna Maria Elisa...
Nón!!!!!
Diz pro pobo meter Portugal no...no ...no sítio onde tão todes a pnsar???!!!!
Inteirinho?!
Num há (cofff....cofff..) que resista!
Eu achu que num habia necessidade de ser tum biolenta...

Manuel Damas disse...

Pois...do parque Mayer, realmente, é melhor nem falarmos...

Mize disse...

Não quis ser violenta, mas há dias em que não há cofff....coffff que guente. E para se guentar esta naçon...às bezes...é deficele...

Blue Velvet disse...

Caríssimo Professor de Medicina
Vale sempre a pena ensinar alguma coisa.
Só os burros acham que já sabem tudo, portanto com os meus cumprimentos, aqui fica a resposta ao desafio proposto.
Beijinhos :)

Desafio Portugal

O que é?
Como dizia Eça, uma aldeia e muito mal frequentada.

Como é?
Verde de inveja e vermelho de riqueza mal distribuída.

Onde está?
Na pontinha da Europa, cada vez mais empurrado por Espanha, pronto a cair ao mar onde inexoravelmente irá afogar-se.
Sem ter a inteligência de outras eras, sabendo aproveitar a queda.

Como está?
Velho, caduco, senil, parado, à espera da morte.

Para onde vai?
Não vai.
Já foi...à vida!


Ideias e soluções...
Não vejo solução.
Para mim não tem remédio.
Nem a tão falada alternância democrática o pode salvar, porque as moscas até podem mudar mas a Merda continuará a ser a mesma.

Lamento, mas é exactamente isto que penso.
Enquanto nos orgulharmos dos nossos brandos costumes, enquanto um Ministro da Saúde continuar a afirmar, impunemente, que é normal um doente cair da maca, enquanto continuarmos subservientemente a acatar tudo o que a Europa decide, enquanto os jovens continuarem a sair das universidades directamente para o desemprego e se achar isso normal, enquanto nos anúncio de emprego as pessoas de mais de 35 anos forem discriminadas, enquanto se entregar uma criança de 5 anos a um pai que nunca quis saber que ela existia, enquanto, enquanto...olhem fico por aqui para não ficar ainda mais deprimida.

Blue Velvet disse...

E mais, fiquem sabendo que no dito, não meto nada, muito menos Portugal.
Eu hein?

Mize disse...

O que é?
Portuglex.

Como é?
Suburbano.

Onde está?
A cheirar o dito à Espanha.

Como está?
De tanga.

Para onde vai?
Ninguém sabe.

Ideias e soluções...
Ideias tenho muitas e algumas soluções também. Sem ser fastidiosa, deixo uma ideia e uma solução

Ideia - Sacudir Portugal

Solução - Depois varrer o lixo

De resto é fazer como o velhote do Parque Mayer

Manuel Damas disse...

Zeuzinha...para essa tosse nada como beber leitinho quente...
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Minha querida doutora de leis...nunca disse eu que já sabia tudo, bem pelo contrário...o que não quer dizer que daqui se possa inferir não ser eu burro.
Quanto ao seu texto, meu anjo de garras fatais...:)tenho que concordar consigo.
Acho que estamos a ficar sem vontade de ser...de ser Portugal!
Um beijinho, doutora de leis e guarde as garras...
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Acho boa a ideia, Maria José...Sacudir Portugal.
Para quê?
Para tentar...

PORTUGAL,JÁ!

Olá!! disse...

Eu só uso supositórios com validade... Portugal ultrapassou os prazos... todossssssssssssss
aiiiiiiiiiiiiii que horror

Manuel Damas disse...

Uma comparação, no mínimo, original!
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Ricardo disse...

Portugal é Fado, Futebol e Fátima, como dizia o outro.

Eu acrescentaria o 4º F: o de Filhos da Puta.

Aliás, eles são tantos que se voassem nem se via o céu!!!

vsuzano disse...

É um território com jardins e desertos, mar e rios, montanhas e planícies…

É Lindo e de brandos costumes… e carrega centenas de anos de história…

Está paradinho de todo na evolução da história da mentalidades (aquela que mais demora a mudar)…

Está doente, e carregado de anti depressivos…

Vai ? vai navegando um pouco ao sabor das correntes, sem nenhum timoneiro decente...

Ideias e soluções eu tinha algumas, mas tinha que chegar ao poder, e está a ser um bocadito complicado…mas já agora uma primeira ideia : povoar as Berlengas e as desertas, utilizando para isso muitos cromos que por aqui andam…

Manuel Damas disse...

Quanto pessimismo, Ricardo...

Manuel Damas disse...

Meu caro vsu...
Relativamente à evolução das mentalidades, na realidade, há muito, mas muito, para evoluir e a velocidade tem sido muito lenta.
Quanto às Berlengas também nunca percebi, realmente, porque nada se fez em relação a elas!
Mas enfim!
Um abraço.

Ricardo disse...

Com este cenário que temos é óbvio que me sinto pessimista!!!

Com esperança... mas pessimista.

Manuel Damas disse...

Como o compreendo, meu caro...