terça-feira, 8 de janeiro de 2008

PRÉMIO

A "Olá" teve dois actos de carinho comigo.
Um acto de carinho foi considerar este blog "Aprovado".



O outro acto de carinho, também da "Olá", foi bem mais complicado, por me ter nomeado para o "Prémio Escritores da Liberdade"!



Logo a mim!
E logo da Liberdade.
E porquê?
Porque é um dos bens que eu mais prezo.
Porque é um dos bens que eu mais fui ensinado a respeitar e a defender, pelos exemplos dados pela minha família.
Pelo meu avô, antigo Presidente da Cãmara de Ílhavo, quando rodeado pela polícia política se viu obrigado a fugir da Câmara descendo, de arma na mão, as escadas da frente da Câmara, à luz do dia (dizia-me sempre..."Eu fugi pelas escadas da frente da Câmara, de dia, com honra e empunhado uma arma...pela Liberdade").
Fugiu para Louvaine, na Bélgica, como refugiado político, onde tirou a sua segunda licenciatura!
Regressou seis anos depois mas, sempre, prezando a Liberdade!
Apesar de todos estes contratempos, tornou-se um Sá-Carneirista ferrenho.
Pela minha mãe, mulher de armas, que decidiu ir sozinha, estagiar em Harvard, primeiro, nos EUA e depois em Louvaine, onde o meu avô já tinha estado, já depois da sua segunda licenciatura, já com filhos e durante o Doutoramento!
Todos os dias telefonava para Portugal para, dizia, ter o seu momento de carinho...ouvir os filhos!
Essa mesma liberdade que a fez glosar sempre o poeta e utilizá-lo nos muitos discursos que lhe ouvi quando dizia
"Deus quer...
Uma mulher sonha.
A obra nasce!"...
Isto para justificar a sua atitude de criar 5 Institutos Superiores Privados e 3 Fundações pelo País!
Dois tipos de exemplo completamente diferentes mas com uma tónica comum, lutar, sempre, pela Liberdade, jurando "Antes quebrar do que torcer!"
Até nos livros que ambos escreveram, foram diferentes...
O meu Avô o "Se aquilo que a gente conta..."
A minha mãe "Observar para avaliar"!
Um de Contos...
O outro, de Pedagogia!
Dois percursos, dois rostos, duas mentes, dois toques, dois olhares sempre presentes na minha vida!
Uma enorme saudade, eterna!
Mas a noção de que, pela Liberdade, vale sempre a pena!
Obrigado, "olá", por me ter feito recordar, uma vez mais, estes meus dois Afectos, de lágrimas nos olhos.
Sugerem-me que nomeie outros espaços de liberdade.
Perdoem-me a veleidade e nem sequer interpretem como uma quebra da corrente, porque não o é, nem o pretende ser.
Nomeio todos aqueles que me visitam,que me lêem, quantas vezes de forma anónima.
Apenas sei que existem através do meu contador.
São todos estes que nomeio por visitarem, sempre, este espaço que construí, de liberdade, no sentido da responsabilidade!
Obrigado

20 comentários:

Cristina disse...

E é sentidamente que lhe agradeço. Os olhos estão embaciados mas ainda lhe consigo pedir que, pela liberdade, continue a escrever.

A Olá sabia o que escolhia. Parece-me uma Mulher sensata, de muito carácter e com uma visão um pouco além da maioria da sociedade.

Obrigada a Olá por ter escolhido o seu blog e obrigada ao professor por tantas vezes nos lembrar que é preciso "arrepiar" caminho seja qual for a nossa direcção e que as letras são tão importantes para a sobrevivência como são os afectos.

Tudo o que nos provoca o arrepio, percorre os nervos e se entranha no mais profundo do nosso ser, é essencial e crucial em grandes momentos das nossas vidas.

Gostei de o ler, mais uma vez e gostei de o ler sobretudo quando fala da mãe e avô.

É sempre com surpresa que aqui chego e leio. Saio sempre, satisfeita porque levo mais conhecimento. Obrigada, obrigada,obrigada.

Waldorf disse...

Gosto de TI Manuel Damas!

vsuzano disse...

Alto a pára o baile!!!!

Já há aqui "gostares" estranhos.... hahahahahaha

A LIBERDADE.... é essencial, mas nunca esquecer que ela acaba onde começa a dos outros...

Abraço

Olá!! disse...

Estou feliz...
Beijinhos

Waldorf disse...

Vzusano(que raio de nick), a mim já nada me espanta!

Mize disse...

Parabéns Professor. Merece. É um lutador da e pela Liberdade, e com certeza que o Avô e Mãe, (e claro que o Pai) estão babados de orgulho por saberem o Homem em que se tornou.
Também o Manuel Damas é um exemplo a seguir.

Manuel Damas disse...

Obrigado, Cristina, e um beijinho grande, com saudade.

Manuel Damas disse...

Acredita, Waldorf, que por mais que, eventualmente, te possa parecer, também eu gosto de TI!

Manuel Damas disse...

Estamos de acordo, vsu, obviamente e apenas com a sua definição de liberdade!
:))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Um enorme beijinho para si também, minha querida "Olá"!

Manuel Damas disse...

Uma no cravo e outra na ferradura, hem Wal?
:))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Obrigado, Maria José!
A menina deixou de ser Jesus...Maria José e passou a ser apenas Maria José!
Porquê?
Tão só e apenas porque já passou o Natal e como tal não tem lógica eu continuar a chamá-la presépio!
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Maria José!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Eu mato alguém!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Quanto é que a menina pagou aqueles pastores!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Traidora!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Porque é que a promoção desta semana só mostra a sua cara????
Hem????
Caixa de Pandorca!
:))))))))))))))))

Waldorf disse...

Nada disso doutor... são duas rosas formosas, para SI!
Eu e o Statler!

Waldorf disse...

É indecente sim, doutor!
Naõ se faz, euzinho que tanto queria fixar os meus olhos nos seus, agora que tenho acesso ao Canal da Invicta, ainda não o consegui fazer por culpa desses pastores!
Lembrei-me que o Doutor talvez tivesse saído do estudio naquele preciso momento para ir reunir de emergência no gabinete do Walter Costa, mas pelos vistos enganei-me, pelos vistos e pelos ouvidos foi mesmo discriminação sexual!

ACHO MAL!

Manuela disse...

Parabéns pelos prémios!
São bem merecidos. ás vezes passo por aqui em silêncio, mas não deixo de o Ler. porque realmente gosto.
E a Liberdade é um bem precioso que temos.
Mais uma vez os meus mais sinceros parabéns.
fica aqui um sorriso.

Mize disse...

Não foi preciso pagar a ninguém, professor...

Manuel Damas disse...

Também eu Wal...
É, no mínimo, indecoroso!
De qualquer modo, obrigado pelas rosas!
:)))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Como carinho com carinho se retribui, já visitei a sua "casa".
Volte sempre, será bem recebida, com Afecto.

Manuel Damas disse...

Zezinha...
Zezinha...
A menina não me irrite!
Foi o Alexandre, de certeza!!!
Eu esgano-o!
Ou o Teles!
Grrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr...