quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

UM PAÍS DE SOCRETINOS?


Vinha eu, "calmamente"(entre aspas porque, como já aqui disse, gosto de, digamos, andar de carro com pouca calma) e vinha já farto de ouvir a Cidade-FM...
Sim, eu ouço a cidade FM...já aqui dissertei largamente sobre as minhas preferências musicais e não vou por aí, de novo, agora...
Decidi fazer "zapping", (ainda que eu não saiba se esta é a expressão correcta para o rádio...penso que não, mas tudo bem) e fui ter à TSF...Estava a dar o noticiário e fui ter a meio de uma notícia!
Fiquei atónito.
Carreguei um pouco mais(ainda...) no acelerador, para chegar o mais rápido possível a casa e ir buscar o jornal à caixa do correio para confirmar a notícia de que apenas ouvi metade...
Isto na tentativa de que houvesse alguma hipótese, por mais rocambolesca, de a notícia não ter sido bem a que eu ouvi...
O porteiro ficou sobressaltado com a minha pressa, chegando-me a perguntar...
"Aconteceu alguma coisa, Senhor Doutor?"...
E eu lá resmunguei um "Bom dia", acompanhado de um "não" apressado.
Jornal na mão, corrida para o elevador, chegada a casa, atirar tudo para o sofá da sala e ir procurar a dita notícia...
Afinal era verdade!
Mas como é possível?
Está tudo louco?
O que está a acontecer a este País?
Hã???..
O quê???
Eu não, o quê???
Ah!!!
Ok!!!
Eu não expliquei a notícia motivo de todo o meu alvoroço.
Pois...
Sentem-se todos!
Uops..
Desculpem.
Não me lembrei que, em princípio, por me estarem a ler, estarão, pelo menos, teoricamente sentados ...
O quê?
Despacho-me?
Ok.
Então lá vai!
Desapareceu um envelope com 800 doses de heroína e cocaína!
Pois...
Por vezes acontece?...
E qual é o meu espanto?...
Eventualmente guerra de "gangs" ou até mesmo um "mafioso" qualquer, mais esperto!
Pois...
Mas o que aconteceu não pode acontecer!
Não pode acontecer porquê?...
Porque não pode desaparecer um envelope com 800 doses de heroína e cocaína, das instalações do quartel da polícia onde ele estava guardado, desde que tinha sido apreendido, há especificamente 5 dias.
Pois...
Na realidade a Brigada de Trânsito de Albufeira anda com o quartel em pantanas porque foi de lá que desapareceu o dito envelope.
Até cães especializados na busca de drogas, se encontram a investigar os esgotos.
Pois...
E agora uma grande gargalhada, geral, de desprezo.
E porquê?
Esperam que o envelope se tenha erguido sozinho e tenha fugido aos saltinhos pelo esgoto...
Mas que grande desbunda isto tudo se está a tornar...
Mas isto não pode acontecer, num País civilizado!!!
Por mais incrível que pareça, o nosso País não pode ser semelhante ao Quénia, nem ao Burundi, nem ao Burkinafaso...
Não somos, sequer, uma reles cópia, terceiro-mundista da Sicília de há 20 anos atrás...
Penso eu!
Obviamente que isto dava uma cascata de demissões, em cadeia, que chegaria, inclusive, ao Ministro, como eu já aqui exigi, por diversas vezes, relativamente a este mesmo Ministro....
Mas...
Na realidade, nada se passa...
E tudo continua a ficar impune?
Isto está a ficar uma palhaçada total!!!

PORTUGAL, JÁ!

20 comentários:

Statler disse...

Num congresso médico, depois das conferências do dia, os colegas encontram-se no bar do hotel. Alguns contam suas últimas conquistas.
O Australiano começa:
- Tivemos um fulano que foi atropelado por uma camião e a única coisa intacta que tínhamos era seu dedo mindinho. A nossa equipa conseguiu,
pelo ADN, refazer a mão, um novo braço, um novo corpo! O paciente ficou tão bom, que, de volta ao trabalho, tirou o emprego a cinco pessoas!
O Americano diz:
- Isso não é nada! Nós tivemos o caso de um operário que caiu no reactor atómico de uma central nuclear! A única coisa que sobrou foi um tufo de cabelo. Pelo ADN conseguimos reconstituir seu corpo todo, completo. Depois de ter alta, esse sujeito mostrou-se tão eficiente que cinquenta pessoas perderam o emprego!
O Português pede a palavra:
- Olha, o caso que vou contar é muito mais interessante. Um dia estava a andar pelo corredor do hospital e senti o cheiro de um peido. Imediatamente, capturei-o num saco de plástico, que levei para o laboratório. Chamei minha equipa e começamos a trabalhar. Primeiro, a partir do peido, fizemos um ânus, em seguida reconstituímos o intestino, e depois, pouco a pouco, todo o corpo. O projecto desta criatura levou o nome de José Socrates e está a ter um desempenho tão fantástico que, quando começou a trabalhar, meio milhão de pessoas perderam o emprego!

__________________________________

Já me estava a irritar isto sempre a zeros!!!!

Manuel Damas disse...

Não contava, mas fez-me rir.
Obrigado!

Statler disse...

Oh Damas, como poderia contar???
Nem eu sabia!!!

Blue Velvet disse...

hehehe!!!
No comments

Manuel Damas disse...

Bem!!!
Piadas secas de madrugada???
Ninguém merece, oh velhinho???

Manuel Damas disse...

Beijito, Blue...

Cristina disse...

Adorei este post! A história, o ritmo a que é contada, a magia nas suas palavras, o movimento da(s) personagens. Eu já estava chocada pois já conhecia a notícia mas amei lê-la aqui.
Espero que não mas a "culpa irá morrer solteira"! Mais uma vez! E não será a última!!!

Waldorf disse...

Velho, não és nada seco!!!
ÉS sumarento!

Oh Damas, não se faz isso! O velho esforçou-se e é assim tratado?!!!

FUCK

Olá!! disse...

Professor, mas qual é o espanto???
Acontece perderem-se papeis...;)))
enfim...

Statler... estás doente??? hehehe

Oliva verde disse...

A verdade é que continuamos a ver só cretinos por todo o lado e não há meio de conseguirmos acabar com isto!!!!!

Manuel Damas disse...

Cristina, meu anjo...passaremos a ser conhecidos no Dicionário...
Portugal-país onde a culpa morre sempre solteira.
Beijinho grande

Manuel Damas disse...

Oh docas...
Esse "fuck" foi para mim????
Isso é uma ordem, um convite, um pedido ou um castigo?
:))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

"olázinha"...
Acho que o sta está com medo de logo à noite...
O tema é complicado!
:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))

Manuel Damas disse...

Seja bem vindo/a, oliva verde.
Espero que tenha gostado.
Volte sempre.
Será bem recebido/a.

Waldorf disse...

Damas este FUCK foi um desabafo pela grande falta de compreensão a que os velhos estão sujeitos quando deixam palavras aqui!!
É como um tiro para o ar!
Entendeu?!

É para quem lhe apetecer!

Manuel Damas disse...

Docas...
Agora magoei!!!
Acho inaudito(adoro esta palavra) e de inusitada(e esta também) violência, senão física, no mínimo psicológica, esse gravíssimo atentado à minha honorabilidade, ao meu carinho, ao meu bom senso...aliás, à minha capacidade elástica e já quase lassa de levar com vocês!
É uma incongruência.
Digo mais, é uma aleivosia(esta também gosto)!
Acho, aliás, que se pode considerar," ipsis verbis",
( e diz-me a experiência que quando eu puxo das latinadas a coisa agravou) uma enorme insensibilidade, um despautério(ai , esta mata-me!)...

Waldorf disse...

Não era para violentar, era para dizer os que velhos também se magoam (PONTO FINAL)
PARAGRAFO, MUDA DE LINHA
Retiro-me então desta janela de comentários, na certeza porém, não prometo a retirada de outras janelas!!!!

Ah, adorei a aleivosia, fique sabendo que é uma palavra que adoro :)

Manuel Damas disse...

Docas, meu anjo!!!!
Mas que fiz eu que não lhe aprouve e desencadeia semelhante reacção de deslevo???

Waldorf disse...

Isto é da medicação!!!
Umas vezes sim, outras vezes não!!!

Manuel Damas disse...

hum...
E outras vezes?
Nim?!